Estas são algumas das cidades favoritas dos viajantes e recomendadas em diferentes tops e listas. São, para muitos, as melhores cidades do mundo, que vale a pena visitar pelo menos uma vez na vida pois prometem proporcionar-lhe uma experiência única. Veja na galeria de fotos.

Tóquio, Japão

Como definir Tóquio? É um misto de contradições. Em Tóquio, encontra desde arranha-céus ultramodernos a templos tranquilos e santuários históricos. Tóquio é a cidade com mais estrelas Michelin no mundo e, consequentemente, um dos melhores destinos gastronómicos. Descubra o que torna Tóquio numa cidade singular e, já agora, considere este guia para principiantes caso tenha a cidade na sua whishlist.

Nova Iorque, EUA

É, para muitos, a viagem de uma vida. Esta é a cidade que nunca dorme, dos filmes, onde os sonhos se tornam realidade. As razões para visitar Nova Iorque são várias.

Paris, França

Paris, considerada uma das cidades mais bonitas do mundo, dispensa apresentações. Vale a pena visitar Paris para apaixonar-se, mas também para se divertir com os amigos.

Londres, Inglaterra

Razões não faltam para amar Londres. É uma cidade que não cansa: envolve e oferece uma espantosa multitude de culturas, história e arte – da primeira à sétima, nenhuma está omissa. A agenda cultural está sempre repleta e a frase “não há nada para fazer” não existe.

Los Angeles, EUA

Los Angeles é uma cidade que leva o luxo a sério. É o tipo de lugar onde as pessoas só se preocupam com o seu umbigo e não querem saber da vida dos outros. Não é fácil decifrar LA. A melhor maneira de interpretar a cidade dos anjos é vê-la como uma coleção de cidades pequenas, cada qual com a sua própria identidade. Almoce à beira-mar em Santa Monica, faça compras em Beverly Hills, visite o Getty Center e passeie pelo Passeio da Fama de Hollywood. Dedique um dia a cada área.

Chicago, Estados Unidos

Chicago é uma cidade de grandes surpresas, para o blogue Contramapa. É uma cidade limpa, organizada e plana, onde existem muitos ciclistas. Tem uma praia em plena cidade, muitos eventos e arte: quer seja em museus, quer seja na forma de arte urbana. É também uma das cidades conhecidas mundialmente pela sua arquitetura moderna. No inverno, é ventosa e gelada, mas no verão é uma cidade agradável e com muito espaço.

Dubai, Emirados Árabes Unidos

É a cidade dos edifícios mais altos, dos carros de polícia mais rápidos e de grandes extravagâncias. Quem não quer espreitar esta cidade para matar a curiosidade?

Dubai
créditos: Pixabay

Hong Kong, China

Hong Kong é uma das cidades mais vibrantes do mundo. As ruas estão cheias de vida, a segurança e a limpeza são uma constante e as diversões também.

Singapura

Singapura, a cidade jardim, é encantadora, segundo o Who Trips. É de visita obrigatória e fácil para qualquer turista, apesar de não ser um destino barato. A cidade conta com uma enorme diversidade cultural. Em Singapura, "o olhar perde-se na arquitetura e deslumbra-se com a beleza de mulheres com os mais variados trajes".

Banguequoque, Tailândia

Cidade de emoções fortes. Para a blogger Joland, quem visita Banquequoque ou ama ou detesta. O meio termo é raro. Enormes e modernos arranha-céus vivem lado a lado com bairros típicos onde costumes e tradições permanecem fortemente enraizados.

Sidney, Austrália

Não importa a altura, vale sempre a pena visitar Sidney. No verão, jante ao ar livre, explore as praias de Bondi e Redleaf e mergulhe nas piscinas. No inverno, tire proveito da agenda cultural da cidade. Uma cidade "mágica e arrebatadora", assim descreve o blogue Volto JÁ neste roteiro.

Melbourne, Austrália

Segundo o Volto JÁ, Melbourne sabe receber os turistas. É uma cidade bastante moderna e organizada, com edifícios altos a lembrar Nova Iorque, mas bastante mais tranquila, sem o frenesim que caracteriza a Big Apple. As principais atrações turísticas são bastante próximas, o que permite ver tudo num só dia.

Melbourne
créditos: Pixabay

Vancouver, Canadá

O porto de Vancouver tem uma cena artística competitiva e criativa, beleza natural acidentada, onde não faltam coisas para fazer. Vancouver é uma das cidades do Canadá com maior diversidade étnica e uma das melhores cidades do Canadá para se comer.

Toronto, Canadá

A maior cidade do Canadá e a quarta maior da América do Norte está recheada de atrações que merecem uma visita. É multicultural e cosmopolita.

Barcelona, Espanha

De montanhas a praia, do passado ao contemporâneo, Barcelona tem de tudo um pouco. Vale a pena visitar Barcelona pelo menos uma vez na vida. Esta é uma cidade muito turística, por isso, revelamos-lhe alguns locais menos turísticos com história.

Munique, Alemanha

Conquista mais pelo carisma do que pela sua beleza. Situada perto dos Alpes e cheia de espaços verdes, a terceira maior cidade alemã é dona de um caráter muito próprio. A capital da Baviera é também conhecida pelo Oktoberfest, celebração que atrai multidões.

Munique
créditos: Pixabay

Madrid, Espanha

As grandes avenidas com inclinação suave permitem-nos andar quilómetros a pé em Madrid sem darmos conta… Esta cidade fervilhante consegue-nos ocupar das 08 da manhã às 08 da manhã do dia seguinte. Há animação suficiente para preencher o dia e a noite, por vários dias e várias noites.

Lisboa, Portugal

Lisboa é a capital da moda no mundo das viagens. Em conversa com viajantes de várias nacionalidades, a opinião é unânime: Lisboa é uma das suas cidades preferidas. Aqueles que ainda não a conhecem têm-na na lista de prioridades a visitar. Lisboa tem ainda um dos roteiros de arte pública mais interessantes em todo o mundo e está entre as 10 cidades mais importantes do Mundo em arte urbana.

Quer conhecer melhor a capital do país? Razões não faltam.

Roma, Itália

Para apreciar la dolce vita no seu esplendor. Roma é um cidade cheia de locais inesperados e por isso vale a pena explorar a pé. Descubra a herança do Império Romano, passeie pelas praças e saboreie as pizzas e os gelados. Ainda se surpreenda com a força do Vaticano e vagueie pelas villas. Bastam quatro dias.

Amesterdão, Holanda

Conhecida pelos inúmeros canais e bicicletas, e pelas políticas de tolerância em relação ao sexo e às drogas, Amesterdão é uma cidade ímpar. É uma cidade pequena, mas ao mesmo tempo, grande. Lá, há de tudo um pouco: museus, história, paisagens bonitas, vida noturna, bons restaurantes, entre tantos outros tipos de atrações, que vale a pena descobrir.

Amesterdão
créditos: Pixabay

Berlim, Alemanha

Berlim é uma das cidades mais fascinantes da Europa, para o Viajar entre Viagens. Pode não ter monumentos grandiosos à escala de uma Torre Eiffel ou de um Coliseu, mas tem algo praticamente incomparável em todo o mundo: é uma lição de história viva, com museus, monumentos, e lugares que abarcam alguns dos momentos mais memoráveis, por boas e más razões, da história da Humanidade

Viena, Áustria

Porquê Viena? Foi umas das cidades preferidas dos leitores da Condé Nast Traveler em 2017. Viena é uma cidade que seduz. É requintada, artística e cheia de cultura. Razões não faltam para amar Viena e até deixamos-lhe um roteiro para deambular pela classe imperial de Viena.

Rio de Janeiro, Brasil

Uma cidade de contrastes que conjuga beleza natural entre um caos urbano que impressiona. O Rio de Janeiro não é perfeito mas consegue cativar a maioria dos visitantes. Se pretende visitar a Cidade Maravilhosa, veja este guia para um final feliz no Rio de Janeiro.

Istambul, Turquia

Com um pé na Europa e outro na Ásia, a sua atmosfera dramática coloca Istambul no mapa de todos os viajantes. A antiga cidade de Constantinopla é, atualmente, um centro cultural moderno e cosmopolita, conjugando harmoniosamente tradições religiosas e seculares.

Cidade do Cabo, África do Sul

A capital da África do Sul é famosa por diversas razões: praias de areia branca, designers influentes e pela Montanha da Mesa.

As melhores cidades do mundo de 2017
créditos: Pixabay

San Miguel de Allende, México

É considerada, por muitos, uma das cidades mais bonitas do mundo. Em San Miguel de Allende vai encontrar pátios frágeis, ruas de paralelepípedos estreitos e um centro histórico de onde as torres da Paróquia gótica de San Miguel Arcangel se elevam acima da praça principal, El Jardín.

Copenhaga, Dinamarca

Há que sentir, pelo menos uma vez na vida, o ar daquela que é frequentemente apontada como a cidade mais feliz do mundo. Algo terá de ir muito bem por aqui… Descubra mais sobre este destino.

Sevilha, Espanha

É aqui que reside a essência espanhola. Sevilha surpreende pelos seus monumentos e bairros pitorescos. A cidade é também conhecida pelas touradas e pelo flamenco, duas fortes tradições espanholas.

Praga, República Checa

Praga tem um coração boémio e é rica em história. Visite um dos vários pubs ou vá até Petřín Hill para apreciar vistas incríveis da cidade.

Praga
créditos: Pixabay

Veneza, Itália

Goste-se ou não, não há no mundo outra cidade como Veneza, e isso, por si só, já é motivo mais que suficiente para uma viagem até lá.

Dublin, Irlanda

A capital da Irlanda é conhecida pelos seus edifícios medievais, música ao vivo, igrejas e, claro, pela Guiness. Debaixo de tudo isto bate um coração moderno. Afinal, nem só de pubs vive Dublin.

Jerusalém, Israel

Durante muito tempo, Jerusalém era um destino religioso procurado por cristãos, judeus e muçulmanos. Hoje, Jerusalém começa a receber um novo tipo de turista, o turista global. Só em 2016, o turismo em Israel cresceu 25 por cento.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.