LOCAIS PARA IR:

Temple Bar District

O inevitável quarteirão de pubs, restaurantes e pequenas lojas. Sempre movimentada e cheia de turistas, esta é uma zona onde se fazem descobertas a cada visita. Geralmente com música ao vivo e pequenos espetáculos na rua, esta zona animada ganha vida com os famosos e procurados pubs como o The Temple Bar Pub, o Quay’s Pub (geralmente com o Leprechaun à porta), The Auld Dubliner e muitos outros. Deixem-se perder nas ruas estreitas, vão entrando e explorando cada pub e fiquem para uma pint onde a música e o ambiente mais vos agradar.

O’Connell Street

Do Temple Bar sigam pela Ha’ppenny Bridge (a ponte pedonal mais conhecida da cidade que atravessa o Rio Liffey), subam a Henry Street e percam-se na oferta das lojas e shoppings (conheçam a famosa cadeia irlandesa ‘Penneys’, conhecida como Primark em Portugal e que aqui está espalhada um pouco por toda a cidade). Passem na rua do mercado e vão de encontro à inconfundível avenida da Spire of Dublin (o famoso monumento em forma de agulha com cerca de 120 metros de altura, com base de três metros e que termina com 15 centímetros). Chegaram à O’Connell Street, a principal avenida no coração de Dublin. Aqui encontram também algumas esculturas de personalidades irlandesas. Continuem pela O’Connell Bridge e logo chegarão ao Trinity College, a famosa Universidade que alberga a ‘Old Library’ e que, embora de valor de entrada não muito acessível, merece uma visita para quem é fascinado pelo universo dos livros.

The Temple Bar District
The Temple Bar District créditos: Margarida Pereira| Dublin

St. Stephens Green Park

Subam a elegante Grafton Street e não deixem de visitar o St. Stephens Green Shopping, um shopping bonito e bem diferente dos que encontramos em Portugal. Em frente encontram um dos parques mais famosos de Dublin e também um dos mais bonitos, o St. Stephens Green Park. Um espaço perfeito para piqueniques e passeios (basta que o tempo ajude!), com lagos, muita relva, flores coloridas e vários animais. No outono, e com a queda das folhas, o St. Stephens Green veste-se a rigor e proporciona das melhores imagens sobre a estação nesta zona central da cidade.

Phoenix Park e Guiness Gravity Bar

Não deixem de visitar o Phoenix Park, o maior parque urbano da Europa e aproveitem para conhecer os seus mais famosos habitantes, os veados!

Também a visita à Guiness Storehouse é interessante para quem é curioso em relação ao fabrico e história da famosa cerveja irlandesa. Tornem-se especialistas na arte de tirar cervejas e terminem a visita à fábrica no Guiness Gravity Bar, com uma pint na mão e com a vista 360º perfeita sobre a cidade.

O Dublin Castle, a Merrion Square (com a famosa estátua de Óscar Wilde), a estátua de Molly Malone (que dá o mote ao hino de Dublin), a visita à ChristChurch, St. Patricks Cathedral e a Kilmainham Gaol fazem também parte das atrações mais procuradas e inevitáveis da cidade.

Margarida Pereira
Margarida Pereira vive em Dublin desde julho de 2016 e é Designer Gráfica créditos: Margarida Pereira| Dublin

LOCAIS PARA COMER:

Um Pub

Em Dublin vão encontrar dezenas de pubs onde comer com música ao vivo e num ambiente mais tradicional. A oferta varia muito: refugado irlandês com molho de Guiness, as características sopas, ostras ou o típico ‘platter’ para acompanhar a pint. É difícil nomear um pub, mas a experiência é culturalmente imperdível! Aproveitem e experimentem um irish coffee ou um hot whiskey nos dias mais frios e molhados porque, como dizem os irlandeses, ‘It never rains in the pub’.

My Meat Wagon

Um espaço acolhedor onde a qualidade da carne é o cartão de visita. Experimentem o barbecue e não ficarão desiludidos.

Bunsen

A solução rápida e acessível para os amantes do fast food. Com um menu simples, um atendimento simpático e inegável qualidade. Deliciem-se com o suculento hambúrguer!

St Stephens Green Park
St Stephens Green Park créditos: Margarida Pereira| Dublin

Queen of Tarts

A pausa perfeita no roteiro pelo centro da cidade. Mais difícil do que encontrar uma mesa disponível será escolher o doce a provar!

COISAS PARA FAZER:

Wicklow Mountains National Park

Situado a sul de Dublin, este é um parque que cobre cerca de 20.000 hectares de montanhas e paisagens incríveis! É imperdível uma caminhada pelos trilhos de Glendalough onde os pulmões se encherão de ar puro e onde a tranquilidade da natureza nunca desilude. Zona protegida, este parque já serviu também de cenário a vários filmes que fazem parte do imaginário de todos.

Johnnie Fox

Situado nas montanhas de Dublin é conhecido por ser o pub com maior altitude no país e um dos mais antigos da Irlanda. Encontre aqui um espaço pitoresco que reune todo o tipo de imagens e objetos relacionados com a cultura irlandesa e onde espetáculos de música ao vivo e dança tradicional são garantidos (informem-se sobre o Hooley Show, a experiência que inclui jantar e espetáculos). Visitem-no, peçam uma pint e sintam-se contagiados pela alegria dos locais.

Ha'penny Bridge
Ha'penny Bridge créditos: Margarida Pereira| Dublin

Cliff Walk

Não percam a caminhada de Bray a Greystones! São cerca de 6km que acompanham a linha de comboio junto à costa, com paisagens de tirar o fôlego!

UMA ATRAÇÃO MUITO TURÍSTICA QUE PODE SER TROCADA:

A visita à Jameson Distillery, embora interessante, fica aquém da mesma experiência na Jameson Distellery Midleton em Cork.

Ruas de Dublin
Ruas de Dublin créditos: Margarida Pereira| Dublin

DICAS EXTRA:

A cidade de Dublin está coberta pelo comboio (Dart), metro (Luas) e por autocarros (Dublin Bus) e em todos eles pode ser usado o Leap Card, um cartão carregável e indispensável onde é cobrado o valor da viagem. O cartão custa 5€ e as viagens saem mais baratas do que quando pagas na hora, em dinheiro. Nos autocarros, caso não tenha este cartão, basta que coloque o dinheiro certo numa máquina disponível junto ao motorista. A máquina não dá troco (dá um voucher a levantar nos escritórios da empresa)! O ideal é carregar sempre o Leap Card nas lojas assinaladas (o Spar, por exemplo) antes de iniciar qualquer viagem.


Sobre o especial Mundo em Português

Queremos reunir as melhores dicas de viagens dos portugueses que vivem fora. Se este é o seu caso, entre em contacto connosco através do e-mail sapo.viagens@sapo.pt, para receber o nosso questionário. As respostas serão, depois, publicadas num artigo do SAPO Viagens.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.