1- Há uma espécie de irredutíveis gauleses na Suíça. A cidade alemã de Büsingen am Hochrhein está completamente rodeada pela Confederação Helvética. Ou seja, cada vez que os habitantes querem ir a qualquer outro lugar no seu país têm de forçosamente passar pela Suíça.

2- O primeiro hotel com zero estrelas nasceu na Suíça. Na realidade é um bunker anti nuclear convertido em hotel. Custa entre 8 e 11 euros por noite e, apesar das condições espartanas, é preciso reservar com bastante antecedência porque é difícil conseguir vaga.

3- É graças a Tim Berners-Lee, que inventou a World Wide Web na Suíça, no ano da graça de 1989, que este blog existe.

4- O maior acelerador de partículas do mundo, o famoso CERN, fica na Suíça junto à fronteira com a França. Tem um circuito de 27 Km a cerca de 100 metros debaixo de terra e é possível visitá-lo gratuitamente desde que se faça uma reserva prévia.

5- Quem é o presidente da república? Pois… A Suíça não tem um Presidente da República. Ou então tem sete presidentes. É complicado… O Conselho Federal, que é o órgão executivo, é composto por sete membros e todos os anos, rotativamente, um dos membros assume o lugar de Presidente da Confederação. Na verdade é apenas um cargo representativo sem qualquer acréscimo de poderes. Este ano o cargo está nas mãos de Doris Leuthard.

6- Existem 4 línguas oficiais: alemão, francês, italiano e romanche. Mas o alemão falado é um dialeto de alemão e só a forma escrita é “alto alemão” ou alemão da Alemanha. Simples, portanto.

7- É possível desafiar qualquer Lei aprovada pelo parlamento com 50.000 assinaturas de nacionais conseguidas menos de 100 dias depois da aprovação. É depois marcado um referendo para decidir por maioria simples se afinal aquela Lei é ou não definitivamente aprovada.

Veja aqui o nosso roteiro de 14 dias na Suíça

8- Cada um dos 26 cantões tem um poder semelhante a um estado americano. Cada um tem a sua própria Constituição, Leis, Parlamento, Tribunais, bandeira, impostos, matrículas de carros, a sua própria força policial e sistema educativo. Quando se muda de cantão a sensação é parecida com a de mudar de país. É preciso aprender todo um sistema novo e por vezes até a língua.

9- Para complicar, seis dos cantões são na realidade uma espécie de “meios cantões”. Não por causa do tamanho mas em termos de representatividade no Parlamento.

Suíça: 5 lagos que são verdadeiros cartões-postal
Suíça: 5 lagos que são verdadeiros cartões-postal
Ver artigo

10- Fazer caminhadas ou nadar nu é estranhamente popular. E há zonas sinalizadas para o efeito. Mas há poucos anos, devido a um incremento de caminhantes nus, o cantão de Appenzell proibiu a prática e quem for apanhado arrisca uma coima de 200CHF.

11- A única nação que conseguiu conquistar a Suíça foram os franceses pela mão de Napoleão.

12- Existem 4989Km de linhas férreas no país e, depois dos japoneses, os suíços são quem mais utiliza o comboio no mundo inteiro.

13- Dos cerca de 800 filmes produzidos anualmente em Bollywood, a Suíça é o palco escolhido para as filmagens da maior parte dos que têm cenas no estrangeiro.

14- É um dos poucos países onde o suicídio assistido é legal, com a condição de que seja praticado por alguém que não seja médico e que essa pessoa não venha a ganhar nada com aquela morte. Existem duas organizações suíças não lucrativas que tratam do assunto, a Exit e a Dignitas. A primeira apenas para residentes e a segunda também para pessoas de outros países.

15- Os estrangeiros são 23% da população. Mas se contarmos com os habitantes que, já tendo nacionalidade suíça, são filhos de pais estrangeiros o número ascende a cerca de 50% em alguns cantões.

Coisas incríveis que só acontecem na Suíça
Coisas incríveis que só acontecem na Suíça
Ver artigo

16- Apesar de atualmente ser um país para onde se emigra e não tanto de onde se emigra, o facto de nem sempre ter sido assim é muitas vezes esquecido até pelos próprios suíços. Entre 1850 e 1914 mais de 400.000 suíços emigraram para os EUA. Por causa dessas comunidades é possível encontrar nos EUA 24 cidades e aldeias chamadas Bern e 16 chamadas Lucerne, por exemplo.

17- A primeira "Honesty Shop" da Europa surgiu nos Alpes Suíços em Gimmelwald. Nesta pequena loja de recordações não há funcionários nem câmaras de vigilância. São os clientes que escolhem o que querem levar, fazem a conta e deixam o dinheiro. Este conceito é muito comum no resto do país nas quintas quando se vai comprar frutas e legumes. Algumas até têm a caixa aberta para que o cliente possa fazer o troco.

18- O vizinho Liechtenstein é tão pequenino que foi alvo daquela que foi provavelmente a única invasão acidental na história. Em 2007 o exército suíço estava em treinos militares perto da fronteira e perdeu-se durante uma tempestade e invadiu o país vizinho.

19- Construíram o maior túnel ferroviário do mundo, o Gottard, inaugurado o ano passado, com 57 Km de comprimento.

20- A licença parental atribuída ao pai é de 1 dia. Um. Isto estava a correr tão bem...

Gostavam de saber mais curiosidades sobre a Suíça?

Acompanhe as nossas aventuras mais recentes no Instagram Mundo Magno

Artigo originalmente publicado no blogue Mundo Magno

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.