Encontramos imagens semelhantes, sobretudo, em regiões de forte emigração para o Brasil e, claro, o Cristo Rei em Lisboa.

Os cristo rei
créditos: Andarilho.pt

Foi uma iniciativa do cardeal Cerejeira inspirada numa visita ao Rio de janeiro em 1934. Esta relação faz com que muitos brasileiros visitem o Cristo Rei em Almada. É o caso de Gustavo Santos, que gosta mais da estátua do Rio de Janeiro, "o Corcovado".

Os cristo rei
Cristo Redentor no Rio de Janeiro créditos: Andarilho.pt

"Está num ponto mais alto. É menor do que o de Lisboa mas, como está a 706 metros do pico, fica mais bonito. A vista também é mais bonita".

Os cristo rei
créditos: Andarilho.pt

"Os dois são de grande beleza. Lisboa tem ainda a ponte 25 de Abril que é bastante bonita com o rio Tejo.”

Os cristo rei
créditos: Andarilho.pt

A presença do Cristo Rei a abraçar o Tejo e Lisboa e as semelhanças com o Cristo Redentor trazem de imediato a lembrança do Brasil. “É inesquecível, não tem como não lembrar. Nós vivemos no outro lado do rio, na Ajuda, em Belém. Vemo-lo de casa. É a primeira vez que estou aqui."

Os cristo rei
créditos: Andarilho.pt

"Mas quando estou a entrar em casa olho para trás e vejo o Cristo Rei.”

Pelo interior do país, há várias réplicas do Cristo Rei de Lisboa ou do Rio de Janeiro.

Os cristo rei
Cristo Rei na serra da Marofa créditos: Andarilho.pt

O abraço do Cristo Rei de Lisboa é parecido com o da estátua que está a aquase mil metros de altitude na serra da Marofa, num santuário construído em meados do século passado. O Cristo Rei da Marofa tem 6 metros de altura, é de granito e está de braços abertos para Figueira de Castelo Rodrigo.

Os cristo rei
Cristo Rei na serra da Marofa créditos: Andarilho.pt

No concelho de Tarouca, há outro santuário com um Cristo rei no topo de um monte. Também a quase mil metros de altitude. A maior diferença é que não tem os braços abertos.

Os cristo rei
créditos: Andarilho.pt

Tem uma excelente vista para a cidade de Tarouca e alcança ainda as regiões de Lamego e Vila Real.

Em Vilar Seco, no concelho de Nelas, a estátua tem 2,5 metros de altura e está assente numa coluna com a mesma altura.

Os cristo rei
Cristo Rei em Cabanas de Viriato créditos: Andarilho.pt

Não muito longe, em Cabanas de Viriato, a terra natal de Aristides de Sousa Mendes, foi o próprio cônsul que mandou construir um Cristo Rei. Está próximo da casa da família e a estátua foi transportada em blocos, a partir de Lovaina, na Bélgica, em 1933.

Os cristo rei
Igreja no Santuário do Cristo Rei em Almada créditos: Andarilho.pt

A lista é numerosa. Há, por exemplo, estátuas na Pampilhosa da Serra, Miranda do Corvo, Paços de Ferreira, e em Oleiros que foi inaugurada em 2014. A estátua é de granito e tem 5 metros de altura. Segundo o autor, é uma síntese entre o Cristo Rei de Almada e o Corcovado no Rio de Janeiro.

Falta referir mais três exemplos.

Os cristo rei
Vila Cova à Coelheira créditos: Andarilho.pt

Um é em Vila Cova à Coelheira, no concelho de Vila Nova de Paiva. A obra, de grandes dimensões no alto da torre do relógio da igreja, foi feita há cerca de 50 anos com o contributo de emigrantes residentes, principalmente, em São João de Meriti e Duque de Caxias.

Os cristo rei
Pendilhe créditos: Andarilho.pt

No mesmo concelho, em Pendilhe, na torre da igreja há uma santa, Nossa Senhora da Assunção, com pose igual à do Cristo Rei.

Os cristo rei
Gustavo Santos e a mulher na varanda do Cristo Rei créditos: Andarilho.pt

Por último, de referir que o primeiro Cristo Rei construído em Portugal foi na Madeira, na ponta do Garajau. A estátua tem 14 metros de altura, tem igualmente os braços abertos e a inauguração foi em 1927, anterior à do Corcovado que foi em 1931.

Os cristo rei
créditos: Andarilho.pt

A estátua que abraça Portugal e Brasil faz parte do programa da Antena1, Vou Ali e Já Venho, e a emissão deste episódio pode ouvir aqui.

O mundo inteiro no seu email!

Subscreva a newsletter do SAPO Viagens.

Viaje sem sair do lugar.

Ative as notificações do SAPO Viagens.

Todas as viagens, sem falhar uma estação.

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOviagens nas suas publicações.