Conta a lenda que o Cannelé de Bordéus foi inventado no século XVI por freiras dos conventos franceses. Faziam-no para dar aos pobres reaproveitando todos os ingredientes necessários: as sobras de farinha que caiam no transbordo dos navios, o açúcar que também caía no chão e as gemas que sobravam do processo de produção de vinho (que só utilizava as claras).

Apontem aí a receita para experimentarem estas delícias:

Ingredientes

½ litro de leite
250 gr de açúcar
100 gr de farinha
50 gr de manteiga
1 pitada de sal
2 ovos
1 vagem de baunilha
50 ml de rum

Preparação

1. Ferva o leite com a manteiga, a vagem de baunilha ou extrato. Se optar por usar uma vagem, abra ao meio, raspe as sementes internas e coloque no leite. Se optar por extrato use apenas algumas gotinhas.

2. Misture os ovos inteiros com o açúcar, a farinha e o sal até formar uma massa homogénea.

3. Acrescente, com cuidado o leite fervido e mexa até obter uma massa lisa.

4. Deixe arrefecer para acrescentar o rum.

5. Deixe a massa repousar no frigorífico aproximadamente 48 horas.

6. Retire da frigorífico 1 hora antes de colocar no forno. Mexa bem. Unte as formas com manteiga e coloque a massa (líquida) que ocupará 3/4 da forminha.

7. Pré aqueça o forno e coloque as forminhas à temperatura de 190° C por aproximadamente 50 minutos.

8. Deixe arrefecer para desenformar.

9. Sirva simples ou com o topping que preferir.

Receita retirada do site www.saliva.pt

Sigam as minhas aventuras mais recentes no Instagram e no Facebook 

Artigo originalmente publicado no blogue The Travellight World

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.