Tendo em conta a baixa densidade populacional  da região e o reduzido número de casos de doença, o Alto Tâmega perfila-se como um excelente destino para férias ou passeios em família. Algumas das tabernas têm a possibilidade de abrir de forma exclusiva para grupos, permitindo assim uma maior segurança para famílias ou grupos de amigos que queiram passar algum tempo juntos e desfrutar de bons momentos gastronómicos.

Para a campanha de reabertura, as Tabernas do Alto Tâmega prepararam um vídeo, totalmente filmado no território, onde são apresentados alguns dos melhores motivos para uma visita, quer a nível da paisagem, do património ou dos produtos.

Para além do vídeo estão a ser preparados lanches ao ar livre com chefs nacionais convidados pelo curador gastronómico Vitor Adão. Nestes lanches, cada chef irá participar nas confecções das diversas Tabernas.

O primeiro lanche será dia 30 de junho, na Casa da Amoreira, em Valpaços com José Júlio Vintém e Miguel Peres. O segundo dia 23 de julho, com o Chef João Rodrigues e Vasco Coelho Santos. Vítor Sobral está confirmado para dia 1 de setembro e Luís Gaspar e Noélia Jerónimo estarão no Alto Tâmega, dia 5 de outubro. Estes momentos serão partilhados apenas por 20 pessoas, sempre respeitando os padrões de segurança.

Criada pela Associação de Desenvolvimento da Região do Alto do Tâmega (ADRAT), em 2004, com o intuito de preservar e conservar os hábitos e cultura transmontanos, a Rede de Tabernas do Alto Tâmega conta, atualmente, com 14 tabernas aderentes à rede, espalhadas pelos municípios de - Boticas, Chaves, Montalegre, Ribeira de Pena, Valpaços e Vila Pouca de Aguiar.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.