Na cozinha, a aposta vai para os produtos nacionais, tendo por base as receitas portuguesas, trabalhadas com a técnica francesa, e também com influências de outras gastronomias, como a asiática.

À mesa chegam-nos provocações e desafios gastronómicos, como é o caso do Tártaro de Tomate, do “Isto é que vai uma açorda de camarão vermelho e algas”, o “Polvo assim e assado, migas de couve e feijão-frade” ou do “O requeijão de ovelha desfez-se pelo escabeche de pimentos”. A criatividade passa pela conjugação de ingredientes mas também pelos nomes que os pratos recebem, mesmo que pareçam os mais tradicionais.

É possível também encontrar, na nova carta, a “Meia desfeita de bacalhau com grão-de-bico negro” ou os típicos “Os peixinhos da horta”.

As recordações do chef passam para as apresentações nos pratos. E porque também se come com os olhos, “O chocolate e o azeite numa tablete”, é uma sobremesa que, de facto, nos prende o olhar... e depois o paladar.

Há sugestões “nem carne, nem peixe” como o Carolino de ervilhas, queijo da ilha e pepino de coentrada, o Boulgur de feijão soja e molho de caril massala ou ainda o Fricassé de legumes, verduras e agrumes.

Nas sobremesas, há muita variedade e para todos os gostos. Para os que gostam menos de doces, só com frutas (As frutas e as flores do Bairro), com queijos (Queijo de Niza, da Ilha e da Serra com chutney de tomate) ou doces como o Creme de arroz doce e citrinos, gelado de bolacha Maria, entre outros. Sim, não é por acaso que a parte das sobremesas na nova carta se chama “O pecado mora aqui ao lado”! Bom Apetite!

Restaurante Flores do Bairro

Morada: Bairro Alto Hotel, Praça Luís de Camões, 2, Lisboa

Reservas: (+351) 213 408 288 ou flores@bairroaltohotel.com

Horário: todos os dias, 13h00-15h00 e 19h30-23h00

Preço médio por pessoa: 32€

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.