Se julga que a casa de banho é o lugar mais sujo, desengane-se. Embora a casa de banho conste na lista dos lugares mais sujos, é a mesa que utiliza para fazer as refeições durante o voo que tem mais germes. Leu bem: o lugar onde comemos é o mais sujo no interior dos aviões, de acordo com a Travelmath, que analisou 26 amostras recolhidas em cinco aeroportos norte-americanos e em quatro voos realizados em duas grandes companhias aéreas.

Em segundo lugar, surgem as torneiras das casas de banho. O estudo ajuda-nos a perceber que os pontos mais sujos de um avião são aqueles lugares ou objetos que tocamos várias vezes ao longo de um voo.

Seguem-se na lista dos lugares mais sujos do interior do avião as saídas de ar colocadas por cima das cadeiras dos passageiros, os botões dos autoclismos, as fivelas dos cintos de segurança e os puxadores das portas das casas de banhos. Tenha atenção também aos bolsos dos assentos pois podem conter restos de vómitos e unhas.

Com que frequência os assentos de avião são limpos?
Com que frequência os assentos de avião são limpos?
Ver artigo

Num voo, as mesas de refeição servem para tudo, desde o trocar fraldas, fazer refeições, até para esconder pastilhas elásticas. A alta concentração de germes nas mesas de refeições acontece por causa da falta de tempo entre voos para o staff conseguir desinfetar cada assento. Já as casas de banho são desinfetadas sempre que os aviões fazem escala.

Para chocar ainda mais, Charles Gerba, microbiologista da Universidade de Arizona, referiu à TIME que as mesas analisadas continham níveis preocupantes de bactérias e vírus, incluindo o da gripe, norovírus e a bactéria MRSA.

A alta concentração de germes deve-se ao elevado número de pessoas a circular diariamente nos aeroportos e aviões.

Qualidade do ar

A qualidade do ar nos aviões aumenta a probabilidade de ficarmos doentes. Por exemplo, em casa, o grau de humidade ronda normalmente os 30% e a bordo é inferior aos 20%. Esta atmosfera árida tende a secar as mucosas do nariz e a garganta, tornando o corpo mais vulnerável a infecções.

Em 2004, um estudo do Journal of Environmental Health  Research mostrou que as pessoas que viajam de avião têm 113 vezes maior probabilidade de ficarem doentes na semana a seguir a um voo de cinco horas do que a população em geral.

Mas a intenção aqui não é assustá-lo e fazê-lo desistir de voar. A ideia é que tenha consciência dos riscos que corre durante o voo e que se previna para não arruinar as suas férias ou o seu regresso a casa (e provavelmente ao trabalho).

E não se preocupe em demasia. A verdade é que existem germes em todo o lado.

Quais são os lugares no avião com mais germes?
créditos: Pixabay

Siga estes conselhos para se proteger de infecções durante um voo:

- Evite tocar diretamente nos objetos mais críticos

Cinco coisas que nunca deveria comer num avião
Cinco coisas que nunca deveria comer num avião
Ver artigo

Mesa de refeições, botão para inclinar a cadeira para trás, superfícies da casa de banho - simplesmente evite tocar nestas coisas. Se tiver que utilizar a casa de banho, proteja a mão com um lenço de papel, por exemplo. Mantenha a proteção da parte de trás do seu assento. Leve consigo toalhitas desinfectantes e limpe todas as superfícies junto a si para se sentir mais confortável. Certifique-se que nenhum dos seus alimentos toca diretamente na mesa. Deixe-os dentro dos pacotes ou em guardanapos recém-abertos.

- Leve consigo um gel antisséptico

Será o seu melhor amigo durante o voo. Utilize-o antes de comer e beber e, especialmente, depois de utilizar a casa de banho, mesmo que tenha lavado as mãos.

- Regule a ventilação e o fluxo de ar

Mantenha a ventilação fraca ou moderada e apontada para a sua cara e nariz. A corrente de ar cria uma linha imaginária em que os germes não passam.

- Leve a sua própria almofada e manta

Lista de essenciais para longas viagens de avião
Lista de essenciais para longas viagens de avião
Ver artigo

O melhor é evitar utilizar a manta e a almofada fornecidas pela companhia aérea.

- Tenha atenção a temperatura da sua refeição

Se a sua refeição quente não estiver quente o suficiente mande-a para trás. É que as bactérias com origem na comida podem fazer-lhe mal.

- Evite tomar bebidas alcoólicas

Evite as bebidas alcoólicas e beba sempre bastante água. A altitude diminui o nível de oxigénio no sangue. Quando ingerimos bebidas alcoólicas a respiração tende também a desacelerar, o que combinado com níveis baixos de oxigénio provoca dores de cabeça e tonturas. 

- Hidrate a pele

Durante o voo utilize creme hidratante para evitar que a pele seque.

- Leve os seus  próprios objetos de entretenimento

Evite utilizar o sistema de entretenimento do voo. Leve o seu tablet, auriculares, revistas e livros. Caso toque no ecrã colado ao assento da frente, evite colocar os dedos no rosto. Desinfete-os primeiro.

Ficou ansioso quanto à sua próxima viagem de avião? Descubra mais dicas para viajar com tranquilidade, especialmente, em voo longosAproveite também as dicas e truques que vários colaboradores e ex-colaborados de companhias áreas partilharam sob anonimato.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.