Se procura novas paragens e quer explorar os destinos europeus que ainda se mantêm intocados pelo turismo de massa, conheça estas sugestões. São 17 países espalhados pela Europa, da parte mais oriental, ao centro, até chegar a ilhas e microestados. Fique a conhecer estes destinos a seguir.

Moldávia

Fazendo fronteira com a Ucrânia e a Roménia, a Moldávia é um dos países menos visitados da Europa e também um dos mais pobres. Um destino interessante para quem procura um país quase sem turistas, com um povo genuíno. A herança soviética é ainda bastante visível. A capital, Quichinau, parece ter parado no tempo em relação a outras capitais europeias.

Liechtenstein

É um microestado, o sexto menor país do mundo, e fica no centro da Europa, entre os Alpes da Áustria e da Suíça. Recebe poucos turistas, apesar de ter um património interessante, a começar pela capital Vaduz. Liechtenstein aparece mais nas notícias por causa da lavagem de dinheiro, uma prática que tem manchado a imagem deste microestado.

Noruega

É considerado em vários rankings como um dos países mais felizes do mundo e com mais qualidade de vida. Para conhecer a forma de viver tão elogiada dos países nórdicos e apreciar algumas das paisagens naturais mais belas da Europa, a Noruega é um país a ter em conta. Dos fiordes às intocadas Ilhas Lofoten, há muito para descobrir.

Viaje para a Noruega através destas fotografias.

Macedónia

Na região dos Bálcãs, no sudeste europeu, a Macedónia é um país cheio de belezas naturais, embora não tenha litoral. Faz fronteira com vários países: com o Kosovo ao noroeste, com a Sérvia ao norte, com a Bulgária ao leste, com a Grécia ao sul e com a Albânia a oeste. Um dos seus cartões-postais é a cidade de Ohrid, à beira de um lago com o mesmo nome. Esta cidade é conhecida por ter 365 igrejas, uma para cada dia do ano, sendo, por isso, chamada de Jerusalém dos Bálcãs.

Finlândia

Mais um país do norte da Europa que tem uma capital cosmopolita, Helsínquia, e que guarda paisagens de sonho, que são vividas de formas muito diferentes no verão e no inverno. A partir da Finlândia, pode conhecer a Lapónia, a terra do Pai Natal, e observar o fenómeno das auroras boreais, as luzes do Norte. No verão, há lagos, florestas e uma costa recortada para descobrir, além da reserva natural Wild Taiga. Descubra aqui o que pode fazer em Helsínquia.

Chipre

O Chipre é um país insular situado no Mediterrâneo oriental. Também conhecido como a ilha de Afrodite pois dizem os mitos que a deusa do amor aqui nasceu. Praias paradisíacas e sítios arqueológicos com muita história são alguns dos atrativos do país.

Roménia

A Romênia tem uma das maiores áreas de florestas intactas na Europa, que abrangem quase 27% do seu território. Um país grande, com variedade de culturas e paisagens que o vai surpreender: da capital Bucareste às zonas interiores, sem esquecer uma passagem pela Transilvânia.

Castelo de Corvinilor, na Transilvânia
Castelo de Corvinilor, na Transilvânia créditos: Pixabay

Polónia

A Polónia tem chamado atenção nos últimos tempos pelo dinamismo e beleza de cidades como Cracóvia e Wroclaw, mas também por ter o campo de extermínio mais conhecido do mundo: Auschwitz-Birkenau. No entanto, o país não pode ser reduzido a estas atrações, havendo muito mais para explorar, a começar pela capital Varsóvia, também fortemente ligada à história da II Guerra Mundial, até chegar a Zalipie, uma pequena cidade com casas decoradas com pinturas de flores que são uma tradição encantadora.

San Marino

Fez manchetes por ser o país menos visitado da Europa. E é também um microestado, o mais pequeno do mundo. San Marino fica dentro de outro país, este muito visitado, a Itália. É conhecido pelas montanhas e pelos castelos medievais.

Luxemburgo

Mais um pequeno país (entre França, Bélgica e Alemanha) que é muitas vezes ignorado pelos turistas. Mas aqui vai encontrar muitos atrativos, ideais para uma viagem de fim de semana. A Cidade do Luxemburgo, no sul do país, é a capital e a porta de entrada deste pequeno estado europeu. Veja aqui o nosso roteiro de um dia.

Letónia

Na região do Báltico, a Letónia é um país de grandes compositores e poetas. Tem, por isso, uma rica herança cultural. Tenha como ponto de partida a capital Riga para depois explorar as belezas naturais do país, como o Parque Natural de Piejura ou a Reserva Natural da Costa de Vidzeme Stony.

Eslovénia

A capital Liubliana é uma cidade encantadora (veja aqui o roteiro) e este país do leste europeu guarda muitas belezas. O Lago Bled é um dos cartões-postais mas existem outras atrações naturais a descobrir, como Lago Bohinj, rodeado pelos Julian Alpes, dentro do Parque Nacional de Triglav. Conheça aqui 12 lugares a visitar numa viagem à Eslovénia.

Lago Bohinj, Eslovénia
Lago Bohinj, Eslovénia créditos: Pixabay

Montenegro

A baía de Kotor apresenta algumas das paisagens mais deslumbrantes deste país dos Bálcãs, na costa do Adriático. Montenegro é um país versátil que oferece praias e montanhas espetaculares. Saiba mais aqui, caso esteja interessado em visitar Montenegro.

Ilhas Faroé

Não é um país mas uma região autónoma da Dinamarca, contudo, no futuro, coloca-se a hipótese de independência. De qualquer das formas, se procura natureza intocada e bruta, bem no norte da Europa, este é o destino ideal. A herança Viking ainda é bem presente neste arquipélago que vive em harmonia com a natureza. Paisagens de cortar a respiração é o que vai encontrar.

Estónia

É o menor dos Países Bálticos mas não é por isso que deve ser ignorado. A capital Tallinn, que conserva a arquitetura medieval, está em alta nas recomendações dos especialistas em viagem como destino a conhecer em 2018. A cidade de Narva, com o grandioso castelo, bem como a cidade de Tartu são outros pontos de interesse a conhecer.

Irlanda do Norte

É uma nação constituinte do Reino Unido, a única não-situada na Grã-Bretanha. Localiza-se na parte norte da Ilha da Irlanda, que divide com a República da Irlanda (a Ilha Esmeralda, como também é conhecida, guarda belezas naturais incríveis, veja aqui). Às custas da instabilidade social e de grupos terroristas, a Irlanda do Norte ficou de fora das preferências do turismo de massa mas, neste momento, é um destino sem riscos para os viajantes, sendo ideal para uma viagem de fim de semana - consulte aqui o nosso roteiro. A beleza natural do país não passou despercebida aos produtores da série "A Guerra dos Tronos" que escolheram várias paisagens da Irlanda do Norte como cenários.

Bósnia e Herzegovina

Na Bósnia, ainda há feridas abertas e as cicatrizes da guerra civil são visíveis, principalmente na capital Sarajevo. Para apreciar uma das joias do país, rume até Mostar, onde todos os caminhos vão dar à ponte sobre o rio Neretva. Saiba mais informações sobre a Bósnia aqui.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.