O presépio está numa sala da Basílica da Estrela, em Lisboa, escondida atrás do túmulo de D. Maria I.

Presépio da Basílica da Estrela
créditos: andarilho.pt

A rainha foi a impulsionadora da construção da Basílica no cumprimento de uma promessa, de ter um filho, para ser herdeiro da coroa portuguesa.

Presépio da Basílica da Estrela
Retrato de D. Maria I na sala onde está o presépio créditos: andarilho.pt

O espaço onde estava originalmente o presépio era amplo e reservado às freiras do Convento do Santíssimo Coração de Jesus.

O presépio pode ser visto durante todo o ano e está montado numa estrutura onde domina a cortiça e protegida por portas em vidro.

O presépio não se limita à cena tradicional do Menino Jesus. É o elemento central, mas podemos encontrar muitas outras representações.

Presépio da Basílica da Estrela
créditos: andarilho.pt

Algumas cenas do quotidiano de Lisboa na viragem para o século XIX. Uma taberna escondida na penumbra da cortiça, uma briga entre duas aguadeiras ou a matança do porco.

Presépio da Basílica da Estrela
créditos: andarilho.pt

Se olharmos com atenção para outras composições cénicas descobrimos um cego com um instrumento musical, uma mulher a amamentar uma criança e até uma ladra a meter a mão em sacola alheia. Todas as imagens com imensa expressão e detalhe.

“Criam uma ambiência muito própria. Parece que as imagens estão vivas e convivem entre si.” Pelo que me contou Arsénio Rocha, que recebe os visitantes, é habitual o nosso olhar ficar cativo da grande diversidade de imagens e representações.

Presépio da Basílica da Estrela
créditos: andarilho.pt

“Habitualmente as pessoas analisam todos os detalhes, a forma como são representados os costumes, as tradições antigas, o convívio... como parece que as imagens estão vivas as pessoas ficam a analisar e a contemplar esta bela arte.”

Presépio da Basílica da Estrela
créditos: andarilho.pt

O presépio da Basílica da Estrela é um dos melhores exemplos do Barroco em Portugal neste tipo de arte. Esta expressão artística procurava impressionar, transmitir uma mensagem forte alusiva a valores religiosos.

Presépio da Basílica da Estrela
créditos: andarilho.pt

Num olhar contemporâneo “as pessoas quando entram e com o presépio aceso, ficam espantados com a beleza, as caraterísticas das imagens e, sobretudo, como a Bíblia é retratada nesta obra de arte.”

Presépio da Basílica da Estrela
créditos: andarilho.pt

Apesar de estar aberto durante todo o ano (o acesso custa 2 euros), é agora, nesta altura, que o presépio é mais procurado, “algumas pessoas vêm de propósito só para ver o presépio, em particular nestas festividades do Natal.”

A passagem para a sala onde está o presépio é feita através da nave da Basílica. Uma construção imponente e com arte sacra de grande beleza que, só por si, justifica a visita. A Basílica da Estrela está classificada como Monumento Nacional.

Presépio da Basílica da Estrela
créditos: andarilho.pt

O maior presépio português está na Basílica da Estrela em Lisboa faz parte do programa da Antena1 Vou Ali e Já Venho e a emissão deste episódio pode ouvir aqui.

O mundo inteiro no seu email!

Subscreva a newsletter do SAPO Viagens.

Viaje sem sair do lugar.

Ative as notificações do SAPO Viagens.

Todas as viagens, sem falhar uma estação.

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOviagens nas suas publicações.