Os passadiços em madeira constituem apenas uma parte do percurso. Têm quase um quilómetro, e a maior parte é quase a pique. Quase meio quilómetro numa encosta escarpada.

Passadiços de S. Simão
créditos: andarilho.pt

Para quem sobe é um desafio. Deve ser feito com calma e evitar dias de muito calor porque esta parte do percurso não tem sombra.

O esforço é compensado com excelentes paisagens das fragas. No outro lado do vale, a vista é marcada por uma linha de casas de xisto da aldeia de Casal de S. Simão a percorrerem o topo de uma encosta toda verde.

Passadiços de S. Simão
créditos: andarilho.pt

Junto à praia fluvial temos o deslumbramento da ribeira de Alge a contornar os rochedos das fragas. Em algumas passagens, forma pequenas cascatas. Todo o ambiente é sereno e com muitas sombras devido à grande quantidade de árvores.

Passadiços de S. Simão
créditos: andarilho.pt

Junto à ribeira, encontramos construções antigas. Duas pontes pedonais oferecem-nos perspetivas da ribeira que, uns quilómetros mais à frente, tem outra paisagem deslumbrante, aberta, quando da foz de Alge com o rio Zêzere.

Passadiços de S. Simão
créditos: andarilho.pt

O fundo do vale junto à ribeira tem um ambiente mais romântico. É a preferida para as fotografias e para se fazer uma pausa na subida até Casal de S. Simão. O caminho é diferente, por terra batida, poucos degraus em madeira e sempre com muita sombra.

Passadiços de S. Simão
créditos: andarilho.pt

Ao chegarmos à aldeia vemos o serpentear dos passadiços até ao miradouro e como a vegetação densa esconde a ribeira. O percurso é linear e o nosso ponto de partida foi o miradouro.

Passadiços de S. Simão
créditos: andarilho.pt

No entanto, pode-se também iniciar junto à praia fluvial ou em Casal de S. Simão, uma das mais bonitas aldeias de xisto e excelentemente conservada. O percurso completo oferece-nos as duas perspetivas dominantes: a natureza e o casario de xisto.

Passadiços de S. Simão
créditos: andarilho.pt

Os passadiços podem ser percorridos em todas as estações do ano. Na altura de calor é convidativo um mergulho na praia fluvial. Outono e primavera, o deslumbramento é com as cores da paisagem.

Passadiços de S. Simão
créditos: andarilho.pt

Aos principais lugares de interesse – miradouro, praia fluvial, Casal de S. Simão e à ermida, próximo da aldeia – há bons acessos rodoviários.

Passadiços de S. Simão
créditos: andarilho.pt

Passadiços das fragas de S. Simão: da aldeia de xisto a um mergulho na piscina fluvial faz parte do programa da Antena1 Vou Ali e Já Venho e a emissão deste episódio pode ouvir aqui.

O mundo inteiro no seu email!

Subscreva a newsletter do SAPO Viagens.

Viaje sem sair do lugar.

Ative as notificações do SAPO Viagens.

Todas as viagens, sem falhar uma estação.

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOviagens nas suas publicações.