Os preparativos começam nas semanas que antecedem a floração das cerejeiras, durante as quais se começam a traçar os planos para as festas que dão as boas-vindas à estação da Primavera. Basicamente o Hanami pressupõe um piquenique com familiares, amigos ou colegas debaixo de uma cerejeira, no qual todos confraternizam e se divertem. Se tem viagem marcada para Tóquio durante esta época e quer usufruir do festival Hanami para viver esta experiência como um verdadeiro japonês, procure um dos seguintes locais:

1. Shinjuku Gyoen: Neste local há mais de mil cerejeiras de dezenas de variedades, com árvores que florescem mais cedo e outras mais tarde. As zonas relvadas são espaçosas e o ambiente respira calma e tranquilidade.

2. Parque Ueno: É um dos locais mais populares de Tóquio para as festas Hanami, daí que seja procurado por muita gente e, consequentemente, um tanto ou quanto barulhento, mas é também um dos mais animados. Este parque conta com mais de mil cerejeiras.

3. Chidorigafuchi: Centenas de cerejeiras decoram os terrenos que ladeiam os fossos do Castelo Edo, que se encontram cheios de água, criando um dos cenários mais espetaculares da cidade quando as árvores estão em flor. Há barcos a remo disponíveis para alugar e podem encontrar-se diversas barraquinhas de comida nas proximidades.

Os bairros de Tóquio - um guia para principiantes
Os bairros de Tóquio - um guia para principiantes
Ver artigo

4. Parque Sumida: Este parque estende-se ao longo das margens do rio Sumida. Pode apreciar-se a floração das árvores a partir dos barcos que navegam no rio sendo que, quando escurece, as cerejeiras ficam iluminadas, dando origem a uma bonita imagem.

5. Parque Yoyogi: Mais de 600 cerejeiras oferecem agradáveis locais para fazer piqueniques e há várias barraquinhas a vender comida, para quem não quiser trazer de casa.

6. Parque Asukayama: Este parque localizado numa colina é um dos locais mais antigos e famosos de Tóquio para as celebrações do Hanami. Com centenas de árvores e locais para piquenicar fica iluminado durante a noite.

7. Parque Inokashira: Dotado de centenas de cerejeiras, este parque conta ainda com um lago, onde se podem alugar barcos e apreciar as árvores em flor, a partir da perspectiva de quem se encontra dentro de água.

6 coisas que fazem de Tóquio uma capital diferente
6 coisas que fazem de Tóquio uma capital diferente
Ver artigo

8. Jardim Botânico Koishikawa: Tem muitas cerejeiras de diferentes variedades e constitui-se como um verdadeiro jardim japonês. Uma vez que é preciso pagar para entrar, acaba por ser um local bastante calmo, sem estar apinhado de gente.

9. Rio Meguro: Cerca de 800 árvores, iluminadas à noite, ladeiam o rio, que parece um canal em plena urbe. É um bom sítio para passear já que não oferece grande espaço para festas. Na zona pode contar com várias lojas, cafés e restaurantes.

10. Jardim Koishikawa Korakuen: É um mais antigos jardins de Tóquio, fundado em 1629. Nele existem diversas variedade de cerejeiras, mas tenha em atenção que é necessário pagar para entrar e está sujeito ao horário de funcionamento.

Se está a pensar viajar até Tóquio, descarregue o guia da cidade em JiTT.travel (www.jitt.travel/download) e boa viagem!

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.