Durante a festa de "Loy Krathong", muito popular em todo o país, milhões de tailandeses depositam na água pequenos barcos com uma vela ou lançam ao ar lanternas de papel.

O luto pela morte do rei tailandês Bhumibol Adulyadej, falecido em 13 de outubro aos 88 anos, termina nesta segunda-feira.

As autoridades proibiram diversos espetáculos e eventos previstos para os próximos dias, prolongando o luto, mas autorizaram a "Loy Krathong". Este ano as autoridades proibiram os fogos de artifício e a violação ao decreto pode resultar numa pena de três anos de prisão.

Festival das Luzes
Lanternas lançadas em Chiang Mai créditos: AFP

A tradição das lanternas é particularmente popular em Chiang Mai, norte da Tailândia, que recebe milhares de turistas todos os anos.

A presença dos turistas não caiu, apesar das restrições impostas pelo luto, de acordo com a Autoridade Tailandesa de Turismo.

Nesta segunda-feira, os canais de televisão voltaram a exibir séries após um mês de programas em preto e branco para homenagear o rei, alvo de um verdadeiro culto à personalidade há várias décadas.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.