A fonte da Associação Empresarial de Viana do Castelo (AEVC), que partilha com autarquia local a organização da iniciativa, adiantou que a estátua de São Bartolomeu dos Mártires, situada no Largo de São Domingos, "será o eixo a partir do qual será montada a mesa de madeira onde será colocado o bolo-rei, com a forma original e com 50 metros de diâmetro".

A iniciativa vai ainda implicar "o corte de trânsito, entre as 09:00 e as 19:00, de uma artéria que atravessa o largo de São Domingos", na ribeira de Viana do Castelo, onde está localizada a igreja com o mesmo nome mandada construir por Frei Bartolomeu dos Mártires e onde se encontra sepultado o santo português, canonizado em novembro por decisão do Papa Francisco.

De acordo com os dados hoje revelados pela AEVC, na confeção do bolo-rei gigante, que envolverá a participação de 30 pessoas, entre elas 10 alunos da escola de hotelaria da cidade, serão utilizados cerca de 230 quilogramas de ingredientes.

A lista hoje fornecida pela organização refere "95 quilogramas de farinha, 60 quilogramas de frutos secos, 240 ovos, 35 quilogramas de fruta picada e 20 quilogramas de uva passa".

No sábado, a partir das 16:00, o bolo-rei gigante será oferecido à população, acompanhado de um "pequeno copo" de vinho do Porto.

O evento inclui momentos musicais com a atuação dos alunos da escola de música ZEPAM-Zé Pedro Associação Musical.

A terceira edição do bolo-rei gigante, integrada no programa municipal "Sentidos de Viana", volta a realizar-se no Largo de São Domingos, depois de no ano passado ter decorrido na Praça da República, ex-líbris da cidade.

Este ano, a criação da Praça Natal naquele espaço da cidade obrigou à mudança do bolo-rei para o largo situado na ribeira.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.