A Lapardana dos avieiros era feita com peixe do rio, enguias, sável, tainha… Esta, que era confecionada com uma posta de bacalhau é, no entanto, a mais usada e hoje aparece esporadicamente nas ementas de alguns restaurantes típicos de Salvaterra e Santarém e em eventos e festivais de cozinha ribatejana.

INGREDIENTES

(por pessoa)

1 batata média
150 g de pão duro de trigo
1 folha verde de couve
0,5 dl de azeite
3 dentes de alho
1 posta de bacalhau demolhado
Sal e Pimenta a gosto

PREPARAÇÃO

Coza em água e sal as batatas cortadas em rodelas e a couve cortada em pedaços.

Quando a batata estiver cozida, escorra e reserve a água de cozedura. A couve está, nesta altura, ainda mal cozida mas é assim mesmo.

Demolhe bem o pão na água que reservou. Pode juntar um pouco de broa de milho, se tiver, mas não é essencial. Ponha este pão num tacho e leve ao lume com um terço do azeite, um terço dos dentes de alho, esmagados, e um pouco de pimenta, junte a couve e as batatas e deixe ferver até obter uma açorda (migas) mole.

Enquanto a açorda apura, asse o bacalhau sobre o lume (ou no grill), desfie em lascas grandes, ponha sobre a açorda e termine regando-o com azeite bem quente e os alhos restantes.

Receita retirada com ligeiras adaptações do site www.cm-santarem.pt

Sigam as minhas aventuras mais recentes no Instagram e no Facebook

Artigo originalmente publicado no blogue The Travellight World

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.