Foi criada, segundo dizem, por um pescador chamado Manuel Coutinho que um dia decidiu deixar a vida dura do mar e montar uma taberna. Todas as manhãs o Manuel ia até à orla do rio Sado e comprava aos pescadores choco fresco que ali mesmo limpava e cortava em tiras. Na taberna lavava-os de novo e depois de os temperar, fritava-os e servia-os como petisco com o vinho. Pouco a pouco a taberna foi ganhando fama e este delicioso petisco transformou-se numa das receitas típicas da gastronomia setubalense.

Ingredientes

600 g de choco
2 ovos
100 g de farinha de trigo sem fermento
Meia cerveja
Óleo para fritar
Sal
Limão

Preparação

Depois de limpar o choco, corte-o em tiras ligeiramente grossas e deixe em salmoura durante uns minutos.
Entretanto prepare o polme com a farinha, os ovos e a cerveja. Seque as tiras de choco e passe-as pelo polme.

Frite as tiras em óleo bem quente durante cerca de 8 minutos, dependendo da espessura do choco.

Retire da frigideira e sirva com limão, acompanhado de batatas fritas ou salada.

Sigam as minhas aventuras mais recentes no Instagram e no Facebook

Artigo originalmente publicado no blogue The Travellight World

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.