Do alto de uma encosta da serra da Estrela, a 1.500 metros de altitude, contemplamos um vale que se alonga por cerca de uma dezena de quilómetros.

Verdelhos
créditos: andarilho.pt

Uma imensidão de verde, ondulado em vários tons.

Apenas sobressai Verdelhos. O casario está abrigado no fundo do vale, envolvido por um verde intenso que estará na origem do nome da aldeia.

Verdelhos
créditos: andarilho.pt

“Verdelhos é uma aldeia muito porreira. Há gente boa e má, como em todo o lado.  Mas acho que somos melhores para as pessoas de fora do que para as de cá.” O retrato da aldeia é da autoria de um residente que sente orgulho nas suas origens. “António Pais, mais conhecido por Verdelhedo.”

Verdelhos
créditos: andarilho.pt

A beleza natural tem uma joia, o rio Beijames, afluente do Zêzere. Dá o nome ao vale e oferece riqueza aos campos agrícolas e frescura no verão com duas praias fluviais. Uma delas, mais recente, é junto à barragem e é muito procurada.

Verdelhos
créditos: andarilho.pt

Mas há mais para ver. “Há um parque de campismo e muitas excursões vêm para aí e depois andam aqui pela serra fora. Vem muita gente fazer caminhadas na serra.”

O casario é um estendal que percorre a encosta ou concentra-se numa zona plana junto à ponte. Algumas casas mostram a sua natureza de xisto. “Hoje em dia muita emigração está a regressar, a comprar casas antigas e deixam ficar a pedra, sempre à mostra. Antigamente forrava-se com cimento e hoje já se deixou a pedra com os olhos a lerem-na.”

Verdelhos
créditos: andarilho.pt

No entanto, são poucos os habitantes e a ausência de população nota-se nas portas e janelas fechadas. Muitas casas são segunda habitação, “há muita gente a comprar casa. Mesmo gente de fora.

Verdelhos
créditos: andarilho.pt

Casas, quintas, desde que tenha uma cortelha, uma casa a que antes chamávamos cortes do gado. Reconstroem o interior e deixam ficar a pedra nas paredes exteriores”.

Verdelhos
créditos: andarilho.pt

Fora da aldeia veem-se muitas cortelhas, algumas recuperadas outras à espera de  alguém que as queira renovar. Serviam para guardar o gado. Hoje ainda há pastorícia, mas com muito menos atividade.

“Pastores e campo, era a vida daqui. A emigração chegou depois” e ainda não parou. “A malta nova, como em todo o lado, tem dificuldade em arranjar trabalho e alguma arrisca no estrangeiro.
Onde há mais emigração é na França e Suíça.” Quem reside na aldeia são sobretudo reformados. “Os velhotes que ainda têm alguma força trabalham no campo e os que têm cabras ainda vão fazendo a vida deles.”

Verdelhos
créditos: andarilho.pt

Verdelhos faz parte do Parque Natural da Serra da Estrela e da rede de Aldeias de Montanha. Fica a cerca de 18 km da Covilhã, a sede de concelho.

Verdelhos
créditos: andarilho.pt

Beijames Verdelhos faz parte do programa da Antena1 Vou Ali e Já Venho e a emissão deste episódio pode ouvir aqui.

O mundo inteiro no seu email!

Subscreva a newsletter do SAPO Viagens.

Viaje sem sair do lugar.

Ative as notificações do SAPO Viagens.

Todas as viagens, sem falhar uma estação.

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOviagens nas suas publicações.