Foi, de facto, um mês esgotante mas muito recompensador pela quantidade de jovens (e menos jovens também) que inspirámos e incentivámos a “alargar os horizontes”, a sonhar mais alto e (agora sem metáforas) a tomarem melhores decisões para as suas vidas.

Foi o nosso primeiro contributo no projecto da Road Trip Gap Year e, apesar de termos apenas participado durante um mês, o projecto continuará. Desta vês a Road Trip Gap Year seguirá em simultâneo pelo norte e litoral de Portugal e pelos arquipélagos da Madeira e dos Açores, com uma equipa de 4 outros oradores ex-gappers (pessoas que já fizeram um gap year). Poderá continuar a acompanhar tudo pelo Instagram da Road Trip Gap Year.

Agora em relação à nossa última semana. Saímos do Porto, onde havíamos passado o fim-de-semana por causa do workshop “Budget e Poupança”, onde falámos num âmbito mais técnico e mostrámos truques e dicas para poupar em viagem.

Começaríamos a nossa semana no ponto mais a norte de toda a nossa road trip, nos concelhos de Ponte da Barca e de Arcos de Valdevez, ambos no distrito de Viana do Castelo. Foram, por acaso, as escolas onde tivemos maiores desafios que acresceram com o nosso cansaço. Desde uma apresentação numa sala de convívio adaptada, com poucas condições até a audiências menos ideais por falta de disponibilidade dos professores em dispensar os alunos para a palestra. Mas, tal como transmitimos a todas as nossas plateias, os desafios vão sempre existir, e é nossa responsabilidade ultrapassá-los. Dos 130 alunos que assistiram no total, alguns saíram muito inspirados e agradecidos, portanto, valeu a pena!

Por incrível que pareça, estes dias mais difíceis, foram os dias mais quentes do mês, dias dignos de Verão, o que nos ajudou a recuperar a boa energia. Felizmente, tanto Ponte da Barca como Arcos de Valdevez encontram-se a meros quilómetros do Gerês que, por acaso, é a zona que mais gostamos de todo o nosso país. Costumamos apelidar o Gerês como o tesouro de Portugal, pela sua natureza lindíssima e a facilidade extrema em encontrar pequenos e virgens paraísos espalhados pelo parque natural. Claro está, debaixo de cerca de 25ºC procurámos o “oásis” mais perto de nós para aproveitarmos as nossas tardes.

TravelB4Settle em Ponte da Barca
TravelB4Settle em Ponte da Barca créditos: TravelB4Settle

De seguida, seguimos em direcção a Braga, por onde ficaríamos até ao final da semana. Começámos pela escola secundária de Barcelos, curiosamente debaixo de chuva, na que foi provavelmente uma das escolas mais modernas do mês. Palestrámos para mais de 100 alunos não só com o objetivo de os inspirar a fazer um gap year como também os convencer a estarem presentes no Gap Year Summit. Pois, este será o evento que, se estiverem presentes, não haverá dúvida de que vão sair a querer fazer um gap year.

Gap Year: Road trip por escolas portuguesas para ajudar jovens a tomar melhores decisões
Gap Year: Road trip por escolas portuguesas para ajudar jovens a tomar melhores decisões
Ver artigo

Gap Year Summit é o maior evento da associação que decorre, este ano, a 30 e 31 de março em Coimbra. É um fim-de-semana de pura inspiração e informação prática. Não só se ouve vários testemunhos de diferentes gap years, com impactos diferentes nas vidas do gappers, como também existem bastantes workshops para facilitar todos os interessados em fazer um gap year. Se tem algum interesse em fazer um gap year seja quando for, este é o evento ideal.

Aproximando-nos cada vez mais de Braga, palestrámos na quinta-feira no Externato Infante Dom Henrique numa vila chamada Ruílhe, onde falámos para 70 alunos. Acabámos por passar o resto da tarde nesta bonita vila, num café com vista para o pôr-do-sol, a aliviar todo o trabalho que tínhamos atrasado do nosso blogue. No dia seguinte, já bem no centro de Braga, palestrámos na escola secundária Carlos Amarante, uma escola incrível e cheia de vida. Cheios de entusiasmo e nostalgia à mistura, palestrámos para mais de 100 alunos que acabaram por ter uma reacção muito positiva. Que bela maneira de acabar o nosso contributo no projeto.

TravelB4Settle
créditos: TravelB4Settle

Feliz ou infelizmente, depois da última escola não tivemos oportunidade de explorar Braga, sendo que teríamos um comboio para apanhar de volta à grande Lisboa, já com rumo a casa. Claro está, sendo a Matilde original de Torres Vedras, chegamos mesmo a tempo de poder aproveitar algo muito importante para nós: o Carnaval de Torres Vedras. Depois de um mês de pura inspiração e muita energia depositada, chegaram umas noites de pura diversão e descompressão.

Agora estamos em contagem decrescente para a nossa próxima aventura. Seguiremos para a Colômbia muito em breve e por lá ficaremos uns meses, sem planos (como de costume). Pode acompanhar tudo no nosso Instagram.

Até à próxima,

Matilde e Miguel

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.