Como partilhámos na semana passada, passámos o fim-de-semana em Chaves, na Quinta da Mata, pois a nossa primeira escola secundária da semana seria também em Chaves. Acabámos por ser surpreendidos com uma audiência tão bem constituída que exigiu que começássemos a semana com 2 palestras seguidas.

Não tivemos grande tempo para explorar Chaves neste dia, pois esperava-nos a nossa viagem maior até então, de Chaves a Matosinhos, pelas nacionais. O que seria uma viagem muito cansativa, acabou por ser uma das viagens mais bonitas que fizemos até então. As paisagens maravilhosas acompanharam-nos ao longo da Nacional 103, com barragens e rios maravilhosos (esta Nacional passa por 6 rios diferentes).

No dia seguinte, que por acaso eram os anos da Matilde, fomos à Escola Profissional de Matosinhos (EPROMAT), onde fomos tão bem recebidos que (por falta de cantina na escola) acabámos com um almoço oferecido num dos melhores restaurantes de Matosinhos. Pois é, após duas palestras, novamente, a EPROMAT ofereceu-nos um almoço que veio mesmo a calhar tendo em conta a ocasião. Para continuar a celebrar, escolhemos passar o dia na praia de Matosinhos pois, após tantas semanas no interior, já sentíamos falta do oceano! Ficámos tão encantados com a praia que voltamos, e é de onde, neste momento, vos escrevemos.

Matilde no seu aniversário na praia de Matosinhos
Matilde no seu aniversário na praia de Matosinhos créditos: TravelB4Settle

A escola seguinte levou-nos a Marco de Canaveses, a uma audiência que reagiu particularmente bem. Tanto que, no dia seguinte toda a escola ainda falava da nossa apresentação, alunos e professores. Acabou por ser uma palestra para mais de 150 jovens e talvez uma das mais engraçadas que demos pelo público tão interativo que tinha.

Após mais uma palestra de sucesso, acabámos então a aproveitar o pôr-do-sol neste sítio icónico, a contemplar a bela Ponte de Canaveses.

Ponte de Canaveses
Road Trip Gap Year em Marco de Canaveses créditos: TravelB4Settle

Ainda na quarta-feira, dirigimo-nos para o nosso próximo destino que acabou também por ser o destaque desta semana: Guimarães. Dormimos na carrinha da Road Trip Gap Year mesmo à frente da próxima escola, a Escola Secundária Francisco de Holanda. Começando o dia da melhor forma, a conhecer a professora responsável (mediadora entre a Gap Year e a escola) que por acaso é também responsável e autora do tão conhecido blog "Viajar entre Viagens", um blog que conhecemos antes de partirmos para a Índia em 2017.

Com uma professora assim, já prevíamos uma plateia cheia, mas não contávamos com um número tão redondo como 200 alunos! Maravilhoso é tudo o que temos a descrever sobre este momento! Uma partilha de histórias e aventuras que inspiraram muitos jovens a fazer um gap year e, nomeadamente, a participar no Concurso Gap Year Portugal. Um concurso anual da Associação Gap Year Portugal que, em parceria com a Fundação Lapa do Lobo e a TAP, oferecem 5.000€ para uma candidatura individual ou 6.500€ para duplas, um voo de ida e um voo de volta ao plano de gap year mais inspirador, original e fiável.

Acabámos o dia a fazer o que mais gostamos, a explorar um sítio novo com locais! Ainda não conhecíamos (ou pelo menos que nos lembrássemos) Guimarães, mas tínhamos uma amiga local que acabou por fazer de guia durante todo o dia e, fez este papel tão bem, que nós acabámos por ficar encantados com esta cidade! Conhecemos desde o centro histórico lindíssimo (que nos fez lembrar uma praça de Veneza) ao castelo, ainda com direito a partilha de vídeos e histórias sobre a grande festa tradicional da cidade, a Festa do Pinheiro. Após uma road trip por Portugal inteiro a carrinha da Road Trip Gap Year foi finalmente onde nasceu Portugal e, se fosse por nós, tinha lá ficado por mais uns dias.

Road Trip Gap Year em Guimarães
Road Trip Gap Year em Guimarães créditos: TravelB4Settle

Contudo a road trip tem de continuar e fomos acabar mais uma semana de descobertas em Vila Verde, uma vila pertencente ao destino de Braga. Acabámos então a semana como começámos, com duas palestras, falando assim para um total de 220 alunos. A primeira começou com a melhor apresentação que já tínhamos tido até então pelo professor responsável que já conhecia o nosso blog, TravelB4Settle e acabou com uma sugestão de uma aluna que fez o nosso dia.

Basicamente, no fim da palestra, na suposta altura das questões, esta aluna quis sugerir-nos a próxima fotografia para o nosso Instagram e nós sugerimos de volta, aos presentes, para se juntarem a nós num passeio até esse sítio. Acabámos por passar uma tarde animada a explorar o Santuário do Bom Jesus do Monte (candidato a património mundial da humanidade por parte da UNESCO) e a sua escadaria lindíssima, com pormenores espetaculares. Para além deste fenómeno, existe outro que talvez ainda seja mais falado em Braga, a "estrada mágica". Quem acompanha o nosso Instagram viu este fenómeno em ação e já sabe a sua razão, mas para não desvendar já tudo, diremos que é uma estrada que, aparentemente, desafia a lei da gravidade. Por fim, visitámos ainda o Santuário do Sameiro, onde conseguimos tirar uma fotografia com as alunas que nos proporcionaram este dia fantástico.

Road Trip Gap Year em Braga
Road Trip Gap Year em Braga créditos: TravelB4Settle

Esta semana ainda teve mais um dia de trabalho, tendo em conta que nos voluntariámos para ser oradores no workshop "Budget e Poupança" da Associação Gap Year Portugal, que aconteceu no Porto. Mais um dia da semana de partilhas e aprendizagens, que bom!

Mesmo com um fim-de-semana mais pequeno, estamos preparados para mais uma semana na estrada, a nossa última semana na Road Trip Gap Year.

Andaremos pelo distrito de Braga e Viana do Castelo e poderá acompanhar tudo em direto pelo nosso Instagram e/ou da Road Trip Gap Year.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.