A António Estrela – Júlio Afonso está localizada no centro histórico industrial da Covilhã, cujo eixo era a ribeira da Carpinteira que passa por debaixo do enorme edifício.

New Hand Lab
Projecto Petrus de Ana Almeida em bonecos de lã créditos: Who Trips

No interior, ouve-se a passagem da água por canais estreitos que antes eram utilizados no fabrico da lã. Com a crise, a fábrica fechou e Francisco Afonso quer manter o projecto familiar mas direccionou-o num sentido muito diferente.

New Hand Lab
Esculturas de MEG-Maria Eugénia Gomes créditos: Who Trips

Conforme explica João Bravo, designer, que trabalha no New Hand Lab, funciona como um espaço de coworking, de colaboração entre vários artistas. “Como uma sombrinha que pode abrir portas lá fora.”

New Hand Lab
créditos: Who Trips

São vários os artistas associados e, tendo em conta a natureza da fábrica, a criatividade está muito associada à utilização da lã. Conjuga-se uma dupla renovação. Inova-se com uma outra utilização do espaço e também dos materiais que antes eram aqui fabricados.

New Hand Lab
Peças em burel de Miguel Gigante créditos: Who Trips

É o caso de Miguel Gigante que recriou e deu uma nova imagem à memória do burel, um tecido 100% lã.

Na visita à fábrica podemos ver várias peças de vestuário, chapéus e objectos decorativos de Miguel Gigante em burel.

Miguel Gigante
O espaço de trabalho e inspiração no New Hand Lab créditos: Who Trips

Há também um espaço onde o criador de moda experimenta, cria e concebe projectos. É no meio de um enorme salão onde o cheiro, as máquinas, a matéria-prima e a luz serena nos envolvem num ambiente criativo.

Recorrendo igualmente à lã, somos também surpreendidos com peças de Ana Almeida que apontam num sentido muito diferente.

New Hand Lab
créditos: Who Trips

O projecto alusivo ao universo Petrus reutiliza fios da antiga fábrica.

São bonecos, personagens de histórias que cada um de nós pode desenvolver. O projecto teve origem num outro espaço cultural, a Casa da Lagariça, no largo Petrus Guterri, o primeiro governador da aldeia histórica de Castelo Novo.

New Hand Lab
O carocha resulta de um trabalho conjunto dos artistas do New Hand Lab créditos: Who Trips

Uma outra obra de arte que não se esquece na visita é um carocha. O carro está vestido de lã, colorido e quebra o cinzentismo das paredes de uma sala da fábrica.

New Hand Lab
Máquinas de fiação créditos: Who Trips

Próximo está maquinaria de fiação que o senhor Mário trata com carinho. As máquinas funcionam e é o senhor Mário que faz a manutenção.

New Hand Lab
Máquinas de fiação créditos: Who Trips

Junto à ribeira da Carpinteira, o New Hand Lab é a única fábrica que continua com o estatuto de manufactura e que pode desenvolver a actividade dos lanifícios.

New Hand Lab
Ribeira da Carpinteira créditos: Who Trips

Em algumas salas estão muitos sacos com lã que foi produzida na fábrica e um dos propósitos é manter vivo este ambiente, preservar o património da instalação fabril.

New Hand Lab
créditos: Who Trips

Com este enquadramento e com espaços interiores muito grandes, o New Hand Lab é também utilizado para eventos culturais.

New Hand Lab
Jorge Santos Luiz créditos: Who Trips

A visita ao New Hand Lab passa ainda por outros espaços onde há objectos de mais artistas e até podemos ver e falar com alguns deles.

New Hand Lab
créditos: Who Trips

Começar de novo no New Hand Lab faz parte do programa da Antena1, Vou Ali e Já Venho, e a emissão deste episódio pode ouvir aqui.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.