Os romanos governaram a Grã-Bretanha durante quase 400 anos e pavimentaram mais de 3.000 quilómetros de estradas, conectando assentamentos formativos de populações e fortalezas impressionantes.

A maioria das estradas originais foi sobreposta e alterada ao longo dos séculos, mas ainda existem certas rotas onde é possível refazer os passos antigos para uma viagem romana autêntica.

Da famosa Ermine Street, que liga Londres e York, à Fosse Way, a rota mais longa, que vai de Exeter a Lincoln, estas estradas ligam vilas e cidades com uma rica herança romana. É uma ótima sugestão para quem deseja mergulhar na única e variada história britânica.

Ermine Street - Londres a York, Inglaterra
Extensão: 311 km

A Ermine Street, que ligava Londres a York, foi uma das principais rotas romanas pela Inglaterra e continua a ser uma rota importante nos tempos modernos. Aqueles ansiosos para refazer as viagens romanas podem adicionar Bishopsgate como o início oficial da sua viagem romana. Aqui, partes da estrada original podem ser encontradas nos bairros agora muito na moda de East London, incluindo Shoreditch e Stoke Newington.

Partindo da capital para o norte, a Ermine Street segue em grande parte o trajeto da A10 e seções da A1 dos tempos atuais, uma rota que passa por importantes cidades romanas, incluindo Royston, Godmanchester e Lincoln. Quem quiser explorar os encantos da catedral da cidade de Lincoln pode adicionar ao itinerário locais históricos, como o Newport Arch do Roman North Gate (Portão Romano do Norte), o Lincoln Castle e o Medieval Bishop’s Palace (Palácio Medieval do Bispo).

Continue a rota antiga até à sua linha de chegada em York. Antes, é impossível não se encantar com o York Minster, um local admirado desde o século VII, ou se deixar levar pelas imagens, sons e cheiros da era Viking de York no Jorvik Viking Centre.

The Fosse Way - Exeter para Lincoln, Inglaterra
Extensão: 370 km

Para fazer uma longa viagem pelas estradas romanas da Grã-Bretanha, considere conduzir pela via mais longa ainda existente, a Fosse Way. A estrada atual, feita para ligar Exeter a Lincoln, passa quase de ponta a ponta nas estradas romanas originais, com uma seleção de paisagens espetaculares e locais históricos ao longo do caminho.

Joia do sudoeste britânico, Exeter é o ponto de partida do Fosse Way. É possível começar a explorar a Exeter Cathedral e as passagens subterrâneas da cidade medieval, ou seguir o trilho da muralha da cidade. Partes do muro têm quase 2.000 anos.

A próxima cidade nesta rota, Bath, possui várias atrações históricas que devem estar em qualquer viagem pela história romana. Cheia de pontos para explorar, Bath presenteia os visitantes ansiosos com os Roman Baths, um dos banhos romanos mais bem preservados do mundo. Outra paragem de assentamento antigo é a cidade de Cirencester, em Cotswold, local que torna realidade o sonho de visitar um anfiteatro romano de verdade. Aprofunde-se mais na história britânica nas proximidades Rodmarton Manor, uma grande casa histórica e jardim do movimento artístico do século XIX, Arts and Crafts.

Roman Baths, Bath, Inglaterra
Roman Baths, Bath, Inglaterra créditos: Unsplash

Antes de terminar na cidade de Lincoln, na região das Midlands, esta rota passa por Leicester, uma cidade repleta de séculos de herança histórica. Um bom itinerário pode incluir a imponente torre de Leicester Cathedral ou o Guildhall do século XIV, com vigas de madeira, que já foi uma esquadra de polícia e hoje acolhe um museu. Leicester também é o lar da joia arqueológica Grey Friars, um antigo priorado medieval e local de descanso final de um rei – uma história contada em grandes detalhes no centro de visitantes Rei Ricardo III.

Watling Street - Dover para Wroxeter, Inglaterra
Extensão: 444 km

Usado pela primeira vez por colonos e bretões de antiguidade para viajar entre os principais assentamentos de Canterbury e St Albans, e mais tarde ligando Dover com Wroxeter, em Shropshire, esta rota passa pela Westminster dos dias modernos e pode ser seguida pelas estradas A2 e A5.

Aqueles que sonham em explorar esta via antiga do início ao fim podem ficar maravilhados com a cidade costeira de Dover. Os seus penhascos brancos impressionantes foram um símbolo da chegada à Grã-Bretanha durante muitos séculos. Já o imponente Dover Castle, do século XII, fez história desde a sua construção, tendo combatido invasores na época medieval e desempenhado um papel central em ambas as guerras mundiais.

A estrada romana leva à histórica cidade da catedral e Canterbury, Património Mundial da UNESCO, com uma infinidade de atrações que atravessam os séculos, do esplendor da Canterbury Cathedral às ruínas da St Augustine’s Abbey e o Roman Museum.

Canterbury Cathedral
Canterbury Catedral créditos: Unsplash

Uma vez em Londres, os viajantes podem procurar um trecho da estrada que ainda existe, perto da estação de metro Mansion House, e visitar o Anfiteatro Romano de Londres. Os visitantes podem fechar os olhos e visualizar a capital como Londinium, o seu antigo nome, um importante centro comercial durante a era romana.

Quarta maior cidade da Grã-Bretanha romana, Wroxeter tradicionalmente marca o fim desta rota histórica. E em nenhum outro lugar da era romano-britânica é mais fácil de imaginar do que ao explorar Wroxeter Roman City, na qual os visitantes podem caminhar pelas ruínas de um banho romano e ver uma casa de 2.000 anos reconstruída.

A rota da Watling Street continua até à cidade murada de Chester, onde os visitantes podem sonhar em refazer os passos romanos sob o Eastgate e o Eastgate Clock, que fica na entrada original do que foi a fortaleza romana de Deva Victrix. Outros lugares históricos imperdíveis para planear um itinerário com tema romano incluem a experiência em família Dewa Roman Experience, a Chester Cathedral e o maior anfiteatro romano do Reino Unido.

Ermin Way - Gloucester para Silchester, Inglaterra (incluindo País de Gales)
Extensão: 77 km

A Ermin Way é a rota é perfeita para quem quer uma aventura romana mais curta. Embora a estrada oficial comece em Gloucester, a cerca de uma hora de carro dali fica a fortaleza e os banhos de Caerleon, a única base romana permanente no País de Gales. Os roteiros também podem incluir uma viagem para ver as impressionantes ruínas de casas, mercados e templos romano-britânicos na cidade romana de Caerwent.

A próxima paragem ao longo deste caminho muito usado é a cidade de Cirencester, muitas vezes referida como a capital dos Cotswolds. Outrora um movimentado assentamento romano-britânico, mais tarde foi citada no Domesday Book (o censo histórico feito no século XI) e é o lar de um autêntico anfiteatro antigo, bem como de um mar de fascinantes artefactos romanos alojados no Museu Corinium.

A rota chega então à vila de Silchester, em Hampshire, onde os fãs de história podem explorar as muralhas da cidade romana, bem como o anfiteatro próximo.

Fonte: VisitBritain

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.