Comecemos pela segunda melhor parte destas cascatas. Além da beleza da paisagem e das águas quentes, que mantém uma temperatura constante ao longo de todo o ano de 37 graus, a Cascate del Mulino é de acesso livre e gratuito.

Situada perto da cidade de Saturnia, no sul da Toscânia, também conhecida pelos seus spas de água termal, estas cascatas são frequentadas maioritariamente pelos locais, que gostam de acreditar que este é o seu segredo mais bem guardado (provavelmente não por muito tempo...).

Cascate del Mulino
Cascate del Mulino créditos: Site oficial Cascate del Mulino

Ricas em enxofre e uma série de outros minerais, estas águas são conhecidas por oferecerem vários benefícios para a saúde e pele.

As cascatas têm uma história antiga, que remonta ao tempo dos Etruscos, uma civilização culta e apaixonada que viveu nesta região durante a Idade do Bronze. Este povo valorizava muito a água morna, e neste local construiu um templo onde estavam estas águas, criando uma espécie de "banho sagrado", que era usado como uma forma de adorar os deuses e de lhes agradecer por terem enviado este presente da natureza.

Depressa os romanos souberam deste local "mágico" e com inveja do que os Etruscos possuíam, rapidamente se apoderaram da zona das fontes termais como sendo suas, construíndo o primeiro banho público da história, em Aurinia, no centro de Saturnia, e que ainda pode ser visitado atualmente.

Cascate del Mulino
créditos: Site oficial Cascate del Mulino

De acordo com o site oficial, também é possível usufruir das cascatas durante a noite, já que o espaço está disponível 24 horas por dia.

Na cidade existem ainda várias opções de alojamentos.

Se ficou interessado, consulte o site oficial para mais informações.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.