Situada na margem do rio Vitava, a maior cidade da República Checa é um dos destinos mais românticos da Europa. O património histórico torna-a numa cidade acolhedora com atrações em cada esquina que se tem adaptado aos desafios de uma nova era.

Conhecida como um dos grandes centros culturais europeus, é rica em iniciativas como concertos, exposições e eventos de literatura.  Durante o mês de setembro haverá o festival de música clássica Praga de Dvořák, que se propõe a promover a música checa e no mês seguinte, entre 11 e 14 de outubro terá lugar o festival internacional da luz, Signal.

Atualmente, é muito fácil chegar por via aérea à cidade de Praga graças aos inúmeros voos diretos. O centro da cidade fica apenas a 17 quilómetros do Aeroporto de Praga Václav Havel.

Conheça as nossas sugestões para um roteiro inesquecível.

Casa Dançante

Irá encontrar uma tabuleta em checo com a palavra “Tančící dům”, que se refere exatamente a esta esplêndida obra arquitetónica. Projetada em 1996 por Vlada Milunić e Frank O. Gery, atrai atenções pela sua estrutura inspirada pela arte e dança de Fred Astaire – simbolizado pela torre em pedra – e Ginger Rogers – simbolizada pela torre em vidro. A peculiaridade da estrutura torna-a uma referência na aquitetura da cidade e imperdível em qualquer estadia.

Casa Dançante

Castelo de Praga

Visitar o Castelo de Praga será uma das melhores experiências que poderá ter na cidade. A vista panorâmica é arrebatadora e a arquitetura de um dos maiores conjuntos de castelo do mundo criará uma mística surpreendente. Desfrute ainda do passeio pelos prédios que pertencem à igreja e pelos bonitos jardins.

Castelo de Praga

Igreja de São Nicolau

A impressionante construção barroca levá-lo-á a uma contemplação demorada. A cúpula de 20 metros de diâmetro com uma altura interna de cerca de 50 metros torna-a o mais alto interior de um edifício na cidade. Realizam-se frequentemente ciclos anuais de concertos que permitem ouvir o histórico órgão século XVIII, que W. A. Mozart utilizava nas suas estadias na cidade.

Igreja de São Nicolau

Casa Municipal

É o resultado de um trabalho conjunto de vários artistas checos, entre os quais se inclui Alfons Mucha. Construída no início do século XX, é um perfeito exemplo da Arte Nova com um interior onde se destacam os esplendorosos salões. A Sala de Smetana é um dos pontos de paragem obrigatórios, podendo em seguida fazer uma refeição no restaurante do espaço.

Igreja da Madre de Deus

Construída entre o século XIV e o início do século XVI, a fascinante igreja gótica acolhe uma variedade de obras do período da sua construção, da época renascentista e barroca, com destaque para os retábulos de Karel Škréta e para a sepultura do astrónomo Tycho de Brahe. O seu interior foi reconstruído no século XVII, daí os seus traços barrocos, mantendo atualmente o mais antigo órgão da cidade, datado de 1673.

Igreja da Madre de Deus

Ponte de Carlos

É o cartão postal de Praga. Construída em 1357 por Carlos IV, não só é a mais antiga da cidade como tem o estatuto de ponte mais famosa do país. Assente em pilares decorados por 30 estátuas, das quais a mais conhecida é a estátua do S. João Nepomuceno, é imperioso atravessá-la.

Ponte de Carlos

Praça da Cidade Velha

Remonta ao século XII e a história torna-a a mais importante Praça de Praga. A arquitetura que a rodeia tornam-na o local ideal para se sentar e descontrair, já que é à sua volta que orbitam a Igreja da Madre de Deus em frente de Tyn, a igreja de São Nicolau, o palácio de Kinski, a casa gótica Sino da Pedra e o monumento do Mestre Jan Hus.

Praça da Cidade Velha

Teatro Nacional

A atmosfera da cidade provoca o espírito e não se irá arrepender. Reserve bilhetes e assista a uma peça de ballet ou ópera no Teatro Nacional e vivencie uma experiência única. Construído no final do século XIX, continua a ser o palco mais importante da capital.

Teatro
Praga desde 82€