O grupo chama-se "We Will Rise | Vamo-nos levantar! #Amarante" e descreve-se como sendo um "movimento cívico de entre-ajuda para partilha de dúvidas, receios e de todas as pequenas vitórias que esta crise nos obriga a enfrentar". O grupo público no Facebook foi criado a 19 de março e conta já com mais de 7000 membros.

Trata-se de um espaço destinado a "esclarecer e a ajudar a comunidade", como refere João Brás, um dos mentores da página, juntamente com amigo Abel Rodrigues. "Não imaginávamos que em tão curto espaço de tempo teríamos tanta gente a aderir e a contribuir. No fundo, é a prova evidente que todos acreditamos que nos vamos levantar", acrescenta Abel.

Quem aceder ao grupo pode encontrar receitas, exemplos de atividade física, conselhos na área da nutrição, consultório médico com profissionais de várias especialidades, concertos e uma agenda cultural eclética. "A somar a toda esta dinâmica, temos ainda uma listagem do comércio local que nesta fase de confinamento ajuda a orientar sobretudo as pessoas mais velhas. São serviços que prestam um atendimento de proximidade, numa lógica de entregas ao domicílio ou de um funcionamento adaptado à nova realidade", explicam.

Apesar da origem, o grupo não atrai apenas membros de Amarante, mas também de vários pontos do país e do estrangeiro, nomeadamente Suíça, França, Alemanha, Reino Unido e Angola. Devido à grande afluência foi necessário alargar a equipa, contando já com mais de uma dezena de pessoas, todas voluntárias e de várias áreas de formação profissional.

O conceito e o símbolo da iniciativa estão intimamente ligados ao doce típico da cidade de Amarante que apresenta uma forma fálica.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.