Com a plataforma Preserve, é possível ajudar empresas como restaurantes, cafés, mercearias, entre outras, a terem algumas receitas, mesmo não estando em atividade. O projeto permite comprar vouchers online, para serem depois utilizados pelos seus compradores quando os negócios voltarem ao seu normal funcionamento, criando assim receitas imediatas e ajudando no pagamento de salários, fornecedores e outros encargos, que estão, neste momento, em risco.

"A pandemia e a situação de emergência que hoje vivemos está a ser particularmente difícil para negócios locais, principalmente nos setores de hotelaria e restauração, e é nestes momentos que se vê a fibra das pessoas, da sociedade e de um país. A Preserve surge com o objetivo de possibilitar a transmissão de energia de uma comunidade pronta a ajudar quem mais precisa. Para tal, contamos com o esforço de dezenas de voluntários que estão a passar noites, fins de semana e tempos livres a trabalhar por uma boa causa,” afirma Ricardo Gonçalves, responsável pelo projeto.

O pagamento dos vouchers é feito através da Instituição de Pagamento euPago, que rescindiu de parte das suas comissões, para que as empresas recebam a totalidade do valor, sem quaisquer taxas adicionais. Para comprar os vouchers ou para que os proprietários inscrevam de forma gratuita os seus estabelecimentos na plataforma basta visitar o site.

O projeto insere-se no tech4COVID19, movimento criado por um grupo de fundadores da comunidade tecnológica portuguesa que pretende desenvolver soluções tecnológicas que ajudem a população a ultrapassar o desafio da COVID-19.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.