Mais de 1.500 lâmpadas LED e 20.000 globos vermelhos luminosos compõem esta obra épica de 80 km2 criada pelos artistas Kari Kola e Ivo Schoofs. O seu objetivo: enviar uma mensagem de esperança à cidade e ao mundo.

A cidade de Eindhoven foi envolvida por uma manta espetacular e gigantesca de luz azul pontilhada por milhares de pontos vermelhos luminosos, formando o que é considerado a maior obra de arte luminosa criada até hoje.

A instalação, uma iniciativa do conhecido festival de luz GLOW que se realiza todos os anos na cidade e cancelada devido à pandemia, tem o título "Ligar os pontos" e pretende lembrar ao mundo que luz é vida e que liga a humanidade.

A projeção é visível a 60 km no ar e os habitantes de Eindhoven podem assistir a partir das suas casas. Para quem não vive na cidade, a projeção de luzes pode ser vista através de streaming ao vivo, hoje, a partir das 17:45 (hora local) em www.gloweindhoven.nl.

A instalação consiste em três elementos. A primeira é uma cúpula azul luminosa projetada sobre a cidade de Eindhoven, obra da artista finlandesa Kari Kola, criadora da iluminação 'Savage Beauty' na Irlanda este ano e que ganhou grande reconhecimento internacional em 2018 com a iluminação de Stone Henge.

O artista holandês Ivo Schoofs agrega movimento à obra com uma maré de balões que contêm pontos luminosos vermelhos no seu interior e que simbolizam a necessidade de ligação, principalmente neste contexto de pandemia.

E, finalmente, 20.000 crianças da escola primária da cidade também criaram a sua maré de pontos luminosos com a ajuda do artista e designer Hugo Vrijdag. Os organizadores esperam, desta forma simbólica, lembrar à população que todos vivemos conectados e que não estamos sozinhos.

Einhoven é conhecida como a "cidade de luz" na Holanda. Todos os anos, cerca de 750.000 pessoas visitam o seu festival de arte luminoso GLOW.

Apesar do cancelamento da edição de 2020, os organizadores e a Câmara Municipal de Eindhoven, que este ano celebra o seu centenário, pretendiam criar um momento mágico para recuperar o lema do festival “luz é vida” nesta edição atípica.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.