Em declarações à Lusa, António Carvalho, vereador da Câmara de Aljezur, que organiza o evento, disse que o levantamento das restrições sanitárias para eventos levou o município a decidir retomar o formato presencial, entre 26 e 28 de novembro, embora adaptado às normas em vigor para evitar contágios de COVID-19.

“A batata doce IGP [Indicação Geográfica Protegida] só existe aqui em Aljezur, é um produto de excelência e de identidade do território”, referiu, sublinhando que, depois da realização de uma feira ‘online’, no ano passado, este ano o município considerou que fazia sentido o evento voltar a abrir portas.

“Temos forte presença de doceiras que se dedicam à batata doce e para elas, se há alguns anos faziam isto por carolice, durante o fim de semana do festival, hoje em dia não já muitas delas têm de levar isto a sério, porque as encomendas são cada vez mais e a procura maior”, argumentou.

António Carvalho disse que o festival vai realizar-se num “espaço coberto, que dá conforto, mas que também cria uma limitação adicional, porque a partir dos 1.000 visitantes é necessária a apresentação de certificado de vacinação da COVID-19 ou a realização de teste à entrada”, onde estarão “equipamentos que vão ajudar a controlar acesso”.

O recinto terá capacidade para “6.000 pessoas em simultâneo”, mas haverá “condicionantes”, dando o exemplo da área da alimentação, na qual “as pessoas levarão o tabuleiro para a mesa e depois, no final, o espaço será higienizado por equipas formadas para o efeito”, adiantou.

Os restaurantes do concelho vão ter “em sua casa receitas de batata doce” para serem degustadas pelos visitantes fora do recinto, onde a animação também será “transeunte” e não estará concentrada num só local.

“Na área de expositores, que também ela sofreu algumas reduções pelo facto de ainda estarmos em pandemia, temos a presença de artesanato local e tudo o que são produtos que derivam da batata doce”, referiu.

A iguaria pode também ser “vendida em sacos” e apreciada “assada nos fornos de lenha existentes no espaço” ou “frita, como faziam antigamente, com canela ou sem”.

O Festival da Batata-doce de Aljezur decorre nos dias 26 (sexta) e 27 (sábado) das 12:00 às 24:00 e no dia 28 (domingo), das 12:00 às 22:00.

O mundo inteiro no seu email!

Subscreva a newsletter do SAPO Viagens.

Viaje sem sair do lugar.

Ative as notificações do SAPO Viagens.

Todas as viagens, sem falhar uma estação.

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOviagens nas suas publicações.