Informal, animado e despretensioso, foram estas a palavras que nos vieram à cabeça quando entrámos no restaurante para almoçar, em Melbourne.

Antes de avançarmos para a comida, o que realmente interessa, deixem-nos dizer que o jurado do Masterchef Australia tem dois restantes em Melbourne, o Gazi (informal) e o Press Club (formal), vizinhos, mas com preços bem diferentes.

Voltando à entrada do Gazi, o que salta à vista são as centenas de vasos no teto e a agitação da sala. O espaço insere-se num edifício onde os proprietários quiseram manter a antiguidade e isso nota-se pelas paredes. Contudo, quando se tem um restaurante com uma estrutura industrial é preciso realçá-la com uma iluminação elegante, boa apresentação dos funcionários e qualidade na comida, obviamente. E o Gazi não falha nesses aspetos, acerta em todos.

O ambiente do restaurante
O ambiente do restaurante créditos: DR

Desejosos de experimentar de tudo um pouco, pedimos a ‘BEND OVER BOX’, um tabuleiro servidos apenas aos almoços que reúne um conjunto de pratos em tamanho pequeno. Esta é a opção mais popular para o almoço, que vai variando consoante a época.

Em setembro de 2015, sentados então à mesa do Gazi, pedimos um copo de vinho branco para acompanhar a refeição, aceitando a sugestão da simpática funcionária, aliás, como todos são na Austrália. As ‘Caixas’ têm uma seleção de carne, peixe e sobremesa do dia. Calhou-nos batatas fritas gregas (com sal e queijo feta), pão pita, azeitonas, salada de quinoa e grão de bico, bolacha de camarão, atum e frango, os dois últimos muito bem ‘vestidos’ com molho de noz e azeite.

Quanto à sobremesa, a desconstrução de uma velha conhecida, a Pavlova, que acabou por ser a grande surpresa de uma experiência gastronómica muito comedida, que remete toda a atenção para os sabores e tradições da Grécia. A sobremesa acaba por ser o ‘toque’ que esperamos de um chefe mundialmente famoso.

Quanto a preços, a BEND OVER BOX tem um preço fixo de 27.50 dólares australianos, ou seja, cerca de 19 euros por pessoa, excluindo bebidas.

No geral podemos dizer que foi um almoço agradável, sem ser marcante, até porque o Gazi não quer ser mais do que pretende. Descontraído e barulhento, como um ‘nightclub’, assim é o restaurante de George Calombaris, quem quisemos conhecer no final, mas o jurado do Masterchef Australia não estava.

Para mais informações e reservas (recomendamos), consultem o site oficial do Gazi Restaurant.

Descubra mais sobre a Austrália no nosso especial.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.