Somos apaixonados pela cidade, sabemos que, aconteça o que acontecer (Brexit), Londres será sempre uma cidade inclusiva, onde somos bem recebidos e à qual iremos sempre voltar.

Foram 3 dias em Londres com os miúdos, simplesmente perfeitos, e nem um surto de febre no Vasco nos conseguiu parar.

Se vimos tudo o que queríamos? Não, para ver quase tudo seria necessário, no mínimo, uma semana, as viagens com miúdos são mesmo assim, um compromisso entre as vontades e gostos de todos, e com imensos pontos de interesse por descobrir, vamos ter de continuar a voltar. Vejam as nossas dicas no fim do artigo.

Dia 1

Voámos de Lisboa no último voo da noite, chegámos a Londres - Heathrow - perto da meia noite (se quiserem aproveitar 3 dias completos em Londres, esta é uma boa solução, acordar já na cidade de destino dá-nos um excelente avanço).

Seguimos de imediato para o Hotel Key West London, fica localizado na zona de Shepherd's Bush, a 1 minuto da linha vermelha do metro (Central Line), que nos coloca em 10 minutos no centro de Londres.

Normalmente, utilizamos os transportes públicos no transfer, desta vez devido ao avançado da hora e também porque estávamos os 4, após alguma pesquisa concluímos que seria mais confortável e até mais barato um transfer privado. Aliás, descobrimos uma plataforma agregadora de “táxis” que compara a oferta de várias empresas e nos oferece várias alternativas, pagámos 26 libras de Heathrow até à porta do Hotel, para 4 pessoas com bagagem foi excelente, fixem o nome Minicabit.

Foi chegar, dormir, tomar um excelente pequeno-almoço e partir para a aventura em Londres.

Primeiro passo, carregar os nossos Oyster Cards. Em Londres, os transportes públicos são claramente a melhor opção. Uma dica importante: os miúdos até aos 12 anos não pagam, desde que acompanhados por um adulto pagante, dos 12 aos 16 anos pagam 50%. Esta operação é complicada de aceder nas máquinas automáticas, peçam ajuda a um dos funcionários.

Oyster Cards carregados (20 libras, em média, são suficientes para 3 dias), apanhámos o metro em Sheperd's Bush e a primeira paragem foi o British Museum, é gratuito, os miúdos adoram e nós também.

Se existe coisa que adoramos em Londres é passear pelas ruas, e, dito isto, fizemos 3 km entre o Museu e o Southbank, com especial incidência na zona de Covent Garden (imprescindível) e Trafalgar Square. Almoçámos perto do London Eye, numa hamburgueria muito especial, a Honest Burguers, aconselhamos, refeição top!

O Big Ben continua em obras, mas é uma referência incontornável na cidade.

Após o almoço, explorámos o South Bank e o Bankside, passeámos pelo passeio arborizado à beira rio, visitámos o Tate Modern, Shakespeare's Globe, Borough Market (onde lanchámos e do qual somos grandes fãs), o The Shard e a London Bridge.

Foi uma tarde completa, mas tínhamos de voltar para trás, a nossa entrada no London Eye era às 18.00h, e eles são bem pontuais, os nossos bilhetes eram de fast track (o que permite passar mais rápido nas filas). Como sempre, foi uma volta espetacular e com vistas maravilhosas sobre a cidade, os miúdos adoraram!

Saímos do London Eye e ainda demos uma volta por Leicester Square e Piccadilly Circus, voltando de seguida ao hotel, onde jantámos e recarregámos baterias para o dia 2.

Dia 2

Começámos o dia no Shrek's Adventure London, um parque temático na zona do London Eye, do qual partimos para explorar Camden Town e por lá almoçámos.

De tarde, visitámos os inevitáveis London Zoo e o Madame Tussauds, destaque para este último, continua maravilhoso e algo que não devemos perder em Londres.

O tempo avançava vertiginosamente e ainda tínhamos tanta coisa por ver, Bond Street, Regent Street, Oxford Street e as áreas circundantes levaram-nos o que restava do dia 2.

Pela manhã, tínhamos trocado de hotel (era a nossa escolha inicial, mas estava cheio), mas conseguimos, finalmente, ficar no maravilhoso Royal Lancaster London, vejam a nossa experiência aqui.

Era hora de jantar, o escolhido foi o restaurante Island Grill, localizado no Hotel Royal Lancaster, excelente na comida e no atendimento.

Dia 3

Terceiro e último dia, começámos com um excelente passeio pelo Hyde Park (onde não faltaram os esquilos), entre o nosso hotel e a zona de Knightsbridge foram cerca de 45 minutos de natureza, na zona de Knightsbridge, visitámos o Harrods.

De seguida, explorámos o Mayfar e o Soho (uma das nossas zonas favoritas, adoramos as ruas, as lojas, arquitetura, tudo…), almoçámos na zona de Carnaby, num restaurante italiano bem ao gosto dos miúdos, o Pastaio.

Ainda tivemos tempo para passar no Palácio De Buckingham, no Museu de História Natural (gratuito) e no Palácio de Kensington.

Voltámos ao hotel, demos um último adeus a Londres desde o nosso quarto com vista panorâmica sobre a cidade, e fomos até ao aeroporto - de TVDE, no caso foi Kapten (28 euros).

Durante os três dias que passámos em Londres, fizemos uma média de 18km (a pé)/dia e 8 trajetos de transportes públicos/dia, sobretudo autocarro e metro.

Ficaram alguns pontos de interesse por explorar, mas vamos certamente voltar porque adoramos a cidade.

Obviamente que explorámos imensas lojas: Lego, Harrods, Hamleys, Abercrombie e muitas mais… mas isso fica sempre em aberto e dependente do gosto de cada um.

DICAS VIAGENSA4 | LONDRES

• Se não conseguir um hotel central, tente que ao menos seja perto de uma estação de metro;

• Os transportes públicos são a melhor forma de se movimentar na cidade (Oyster Card é excelente, não esqueça de consultar as condições para os miúdos);

• A Merlin Entertainments é a operadora de diversos pontos de interesse (Madame Tussauds, London EYE, SEALIFE, Shrek's Adventure), quando comprado em conjunto fica muito mais barato;

• Não tente “ver” tudo numa primeira visita;

• Não deixe de visitar as zonas mais típicas da cidade, comer num mercado é essencial;

• A maioria dos museus são gratuitos;

• Não deixe de visitar algumas lojas icónicas, como a Hamleys;

• Marque o hotel diretamente, fica sempre mais barato.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.