Mas as companhias aéreas estão cada vez mais exigentes com as medidas e peso da bagagem de mão. Como então - perguntarão vocês - consigo “enfiar” tudo o que preciso para duas semanas de viagem numa mala de 56x36x23 mais um pequeno volume com o peso total de 7 kg?

Com algumas regras simples.

1. Uso uma mala que mesmo vazia seja leve

Há várias opções de bagagem leve no mercado e com alguma procura certamente encontramos uma adequada ao nosso orçamento. Quanto mais leve a mala, mais fácil será manter os rigorosos limites de peso.

2. Roupa: não deve ultrapassar os 3 ou 4kg

Isto é fácil de conseguir quando o destino ou destinos de viagem têm um clima quente.

Opto por levar itens básicos e leves que ocupam pouco espaço e podem ser usados com diferentes combinações:

  • 2 pares de calças de ganga: 1 preta e 1 branca (ou de ganga azul)
  • 1 par de calções
  • 3 camisas (ou blusas, tops ou t-shirts)
  • Roupa interior suficiente para os dias que vou ficar fora
  • 1 ou 2 casacos de meia estação
  • 1 camisola de meia estação e um lenço ou cachecol (que às vezes tenho muito frio no avião)

Depois, levo peças práticas, de preferência em tecidos que não amarrotam como macacões curtos ou vestidos leves de verão. Se for um destino de praia acrescento dois biquínis.

3. Sapatos e acessórios: menos de 1 Kg

Os sapatos é sempre o mais complicado. Não levo mais de 3 pares. Saltos altos, regra geral não, porque ocupam demasiado espaço. Opto antes por levar dois pares de sandálias rasas confortáveis e boas para caminhar. E uns ténis ou sapatilhas que uso sempre nos dias de viagem de avião.

Levo também alguns (poucos) acessórios como colares, pulseiras ou um relógio, se quiser um look mais cuidado para um jantar num restaurante mais formal.

4. Equipamentos electrónicos: máximo 1 kg

Tablet (carregado com alguns livros), smartphone, auriculares, ipod, máquina fotográfica, carregadores e baterias e adaptador de corrente.

5. Artigos de higiene pessoal: 500 g ou menos

Hoje em dia, as marcas já vendem produtos como pasta de dentes, desodorizante e protector solar em quantidades próprias para viagens de avião (100ml) ou podemos usar boiões baratinhos comprados em qualquer loja onde podemos colocar os cremes, champô e condicionador que não podemos dispensar.

6. Itens essenciais: 500 g ou menos

Passaporte, carteira de documentos, bolsa de medicamentos, dinheiro, caneta, óculos de sol, documentação de viagem (itinerário, bilhetes, reservas de hotel, etc.), agenda de viagem.

Costumo levar também um pequeno guarda-chuva e uma pequena bolsa que posso usar de dia para passear na rua e, à noite, tiro a alça, e uso como bolsinha para jantar num sitio mais formal.

E se for viajar durante o inverno?

No inverno, esta logística é um pouco mais difícil, mas a estrutura é a mesma, roupas básicas (2 pares de calças de ganga, 3 ou 4 camisolas de inverno, 4 ou 5 cachecóis diferentes (para variar os looks), luvas, um gorro, um bom casaco e botas que uso no dia da viagem para não pesar na mala.

Se a mala estiver ligeiramente acima do peso, podemos sempre vestir mais uma peça extra de roupa e colocar qualquer coisa nos bolsos enquanto a companhia aérea faz a pesagem da bagagem.

Et voilá, estão prontos para partir!

Sigam as minhas aventuras mais recentes no Instagram e no Facebook

Artigo originalmente publicado no blogue The Travellight World

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.