No seguimento do artigo anterior que escrevi, e sabendo que o cinema é uma ótima forma de nos fazer viajar, decidi reunir aqui 40 documentários (ou filmes inspirados em factos reais) para viajantes de quarentena – uma espécie de volta ao mundo colados ao écran, porque nesta altura cada um viaja como pode, desde que seja sem sair de casa.

A regra desta curadoria é simples: se estivessem de quarentena comigo, esta seria a playlist que iriamos ver juntos cá em casa. São filmes disponíveis online, na sua forma legal: uns completamente gratuitos, gentilmente disponibilizados pelos realizadores ou distribuidoras; outros disponíveis no Netflix (que caso não tenham conta, podem sempre ter 30 dias gratuitos), e os restantes por aluguer nas respetivas plataformas digitais.

Acrescentem as vossas sugestões nos comentários para fazermos um ciclo de cinema da quarentena juntos!

Os Melhores Filmes do Festival de Cinema de Aventura

O Festival de Cinema de Aventura, co-organizado pela agência de viagens de aventura Nomad e pelo Mercado de Matosinhos, decidiu partilhar, gratuitamente, a seleção dos melhores filmes da edição de 2019, neste link.

Apesar de ser apenas um ficheiro, o download inclui os seguintes documentários:

- “Queen Maud Land”, de Cedar Wright
- “Bare Existence”, de Max Lowe
- “Douglas Tompkins – A Wild Legacy”, de James Q Martin
- “Lixo Vivo”, de Guiga Pirá

Filmes Curtos para Dias Longos

Agência da Curta Metragem, solidária com esta quarentena responsável, decidiu abrir a sua janela virtual e partilhar connosco alguns dos filmes do seu catálogo, de forma livre, compiladas num showcase de 10 curtas intitulado “Filmes Curtos para Dias Longos”, dos quais destaco dois documentários:

- “Viagem a Cabo Verde”, de José Miguel Ribeiro
- “Água Mole”, de Alexandra Ramires e Laura Gonçalves

#StayTheFuckHome – Movie Sessions

StayTheFuckHome – Movie Sessions
créditos: DR

A propósito da promoção à produção do filme “Spirit Animal", a dupla de realizadores MAKKINA – Inês von Bonhorst e Yuri Pirondi – disponibilizam, durante a quarentena, os filmes mais premiados do seu portfólio. Dos seis filmes que ficaram disponíveis online, três são histórias documentais que nos fazem viajar, de Itália à América do Sul:

- “Linea Retta
- “The Funambulist Dream
- “Tierra Firme

Viagens e Aventura

Moutain
Mountain créditos: DR

A minha categoria favorite acaba por ser esta, onde incluo documentários e filmes inspirados em histórias reais. Do derradeiro espírito de Aventura despertado pelo clássico “Into the Wild” até às sandálias de “Lorena”, passando pelos vertiginosos “Mountain”, narrado pelo incrível William Dafoe e acompanhado pela Orquestra Sinfónica de Sydney, até ao cume do “Everest” onde vemos as personagens literalmente perderem o fôlego naquela que foi uma das piores tragédias de sempre da história do alpinismo. Noutras tragédias, acompanhamos as aventuras dos terraplanistas em “Behind The Curve”, e agarramo-nos para contrariar a força do olho do furacão em “Chasing Monsters”. A pé ou numa prancha, nas alturas ou no mar, estes são todos filmes para, de uma forma ou de outra, nos levarem ao limite.

- “127 Hours”, de Danny Boyle
- “Behind The Curve”, de Daniel J. Clark
- “Chasing Monsters”, de Krystle Wright
- “Everest”, de Baltasar Kormakur
- “Into The Wild”, de Sean Penn
- “Lorena, Light Footed Woman”, de Juan Carlos Rulfo
- “Mar da Calha”, de Gustavo Imigrante
- “Mountain”, de Jennifer Peedom
- “The Dawn Wall”, de Peter Mortimer e Josh Lowell
- “The Last Honey Hunter”, de Ben Knight

Cuidar do planeta

Temos acompanhado o mundo através da janela televisiva e nas redes sociais, e é impossível ficar imune às notícias de como a Terra se tem regenerado nesta nossa quarentena forçada. Talvez por isso seja uma boa altura para refletirmos e apreciarmos este mundinho a que chamamos de casa. Da mesma forma que temos feito circuitos ao nosso lar, a limpar e reorganizar tudo para passar o tempo, não é má ideia fazemos o mesmo com a nossa bolinha azul!

- “A Plastic Ocean”, de Tanya Streeter
- “Chasing Ice”, de Jeff Orlowski
- “How to Change the World”, de Jerry Rothwell
- “Jane”, de Brett Morgen
- “Night on Earth” (6 episódios), de Samira Wiley
- “Our Planet”, de David Attenborough
- “Tales by Light” (12 episódios), de Abraham Joffe
- “Terra”, de Yann Arthus-Bertrand e Michael Pitiot
- “Virunga”, de Orlando von Einsiedel

Bom garfo

Street Food
Street Food créditos: DR

Uma das melhores formas de conhecer a cultura local é provando a sua gastronomia. As tradições de um povo estão incutidas na forma como tratam a comida, as suas origens sabem-nos a geografia e o manuseamento dos alimentos mostram-nos a sua História. Se não podemos agora sair de casa, nada nos impede de “comer com os olhos”, deixar crescer água na boca, e viajar pelos muitos sabores do mundo.

- “Chefs Table” (30 episódios), de David Gelb
- “Restaurants on the Edge” (6 episódios), de Nick Liberato, Karin Bohn e Dennis Prescott
- “Street Food” (9 episódios), de David Gelb e Brian McGinn

Música

Para amantes de música e viagens, às vezes nada melhor que um documentário que faça o retrato etnográfico de um país ao ritmo das suas músicas. Aqui deixo dois documentários de música que são também o retrato antropológico das culturas do Sahara, do rock, da censura e da guerra.

- “A Story of Sahel Sounds”, de Neopan Kollektiv
- “They Will Have to Kill Us First”, de Johanna Schwartz

Humanidade

Preparem a caixa dos lenços, porque algumas destas histórias têm uma carga emocional muito grande. Às vezes precisamos de uma grande dose de Humanidade, e aqui escolhi umas histórias que podem-nos ajudar a ver coisas de uma perspetiva diferente, que pode levar a uma viagem introspetiva, mas também gerar uma onda de solidariedade.

- “A 3-Minute Hug”, de Everardo González
- “A Vida é Uma Luta”, de Ben Holman
- “Denali”, de Ben Moon (na foto de destaque deste artigo)
- “First They Killed My Father”, de Angelina Jolie
- “Heal”, de Kelly Noonan

Pandemia

Pandemic
Pandemic créditos: DR

Não sendo tanto para lançar o pânico, mas mais num sentido de conhecimento, curiosidade, e também porque, mais que nunca, nos relacionamos com o conteúdo, não podia deixar de acabar esta lista com um grande banho de realidade: a primeira sugestão vem de um jornalista que mora em Pequim, e nos relata a sua experiência em primeira mão desde o país onde tudo isto começou. O segundo, é uma série documental que coincidentemente saiu lançado ao mesmo tempo que o vírus, e prevê o que agora é uma realidade, numa busca de uma vacina contra os vírus da influenza.

- “Coronavirus in China”, de Sebastien Le Belzic
- “Pandemic” (6 episódios), de Isabel Castro e Doug Shultz

Isto não é um filme

Numa nota final, espero que esta pequena lista de filmes vos ajude a crescer nestas quatro paredes em que temos vivido nos últimos dias. Permitam que o ecrã seja uma janela para outro mundo, que estes filmes vos possam inspirar a viajar, quiçá a suscitar novos interesses e curiosidades. A atualidade parece-se mais com um drama ou ficção, mas é um momento que todos podemos ser heróis ou narradores de uma história, que ainda vai a tempo de se afastar de um filme de terror.

Nunca é demais relembrar: sigam as recomendações das entidades oficiais de saúde, respeitem todos aqueles que estão na linha da frente, quer sejam profissionais de saúde ou caixas de supermercado. E eu cá espero muito em breve trazer-vos outras histórias também, de voltar às viagens e às explorações. Mas até lá... fico em casa.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.