O hotel Sook Station, em Banquecoque, junta-se à lista dos hotéis que oferecem experiências alternativas e para quem gosta de uma estadia diferente.

Dormir atrás das grades e usar pijamas às riscas pretas e brancas fazem parte da experiência deste hotel, que abriu este verão na Tailândia, e onde uma noite custa a partir de 32 euros.

Os hóspedes, é claro, serão muito bem tratados. Mas têm de entrar neste espírito de prisioneiro. Talvez nem todos estejam dispostos a isso, mas na verdade o hotel tem feito sucesso entre os turistas.

As casas de banho são partilhadas, os quartos são celas, com grandes incluídas, as refeições são feitas numa espécie de cantina, entre outros "mimos".  No "check out" é oferecido a cada hóspede um registo criminal como recordação.

Para compensar os outros "castigos", há um rooftop e uma mezanine, onde os hóspedes podem usufruir de várias atividades, um restaurante, uma banheira de água quente exterior, um lounge para relaxar e todos os quartos têm uma varanda ou um pátio.

Para as famílias, ou para quem quer uma experência menos literal, há quartos com casa de banho privativa, por cerca de 46 euros/noite.

Curiosamente, a palavra "sook" em tailandês significa felicidade.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.