No local onde agora é o Hotel Fábrica do Chocolate ficava a antiga fábrica de chocolates da empresa Avianense. Em 2012, depois de mais de dez anos ao abandono, o espaço foi finalmente recuperado, mantendo a fachada principal das antigas instalações fabris. O complexo é composto, actualmente, por um hotel com spa, museu, loja e restaurante.

O hotel tem 18 quartos, entre eles cinco suites familiares com dois andares. A temática dos quartos varia, apesar da personagem principal ser sempre o chocolate. Há quartos inspirados em filmes, músicas ou obras literárias.

Por exemplo, é possível ficar no quarto do Willy Wonka, do filme Chocolate ou num dos espaços dedicados às marcas de chocolate portuguesas Regina e Arcádia.

O restaurante existente dentro do complexo é comandado pelo chef Pedro Martins Araújo, que apenas utiliza o cacau para apontamentos, pelo que não conte em comer bifes mergulhados em chocolate. Vingue-se depois nas sobremesas. Terá à sua disposição uma enorme panóplia de escolhas com o tão desejado cacau.

No museu pode conhecer a história do cacau desde as suas origens, ou perceber, através de uma explicação detalhada, como se produz chocolate, desde a semente até chegar ao produto final.

Na loja existe um pouco de tudo, desde que inclua chocolate, das reduções balsâmicas aos chocolates internacionais passando por uma série de raridades que não se encontram nos supermercados.

Os preços das diárias variam entre os 95€ e os 190€, dependendo do quarto e da época, e incluem pequeno-almoço e bastante chocolate.

Há ainda pacotes especiais, como o "Viana é Amor" que inclui duas noites, pequeno-almoço, entradas para o museu e ainda chocolate com frutas no quarto acompanhado por espumante por cerca de 240€.