Impressiona a dimensão e a beleza da ponte metálica que, dizem, é da autoria de Gustave Eiffel. No entanto, o que mais me encantou foi o banco e o alpendre de madeira do apeadeiro.

Mosteirinho
créditos: andarilho.pt

Tem quase um século, foi construído em 1933 e está próximo de um viaduto de pedra que faz a ligação para um núcleo de casas um pouco acima da linha do comboio.

Mosteirinho
créditos: andarilho.pt

O apeadeiro fica próximo da ponte ferroviária. Até ao final do século XX servia de apeadeiro na Linha do Dão que foi inaugurada em 25 de Novembro de 1890.

Mosteirinho
créditos: andarilho.pt

Agora o apeadeiro é uma varanda para a serra da Caramulo e assiste à passagem de gente a caminhar ou de bicicleta na Ecopista do Dão.

Mosteirinho
créditos: andarilho.pt

Um dos lugares mais espetaculares da ecopista é a ponte de Mosteirinho e “é também o principal monumento da povoação. Há muita gente a andar de bicicleta e a pé. Também há gente daqui, também fazem caminhadas. Da ponte vê-se a povoação na totalidade e há a vista para o Caramulo e para outros lados. A vista para o Caramulo é muito bonita”, a descrição é de Fernando Correia natural de Mosteirinho.

Mosteirinho
créditos: andarilho.pt

A serra do Caramulo funciona como um anel protetor do vale que descobrimos melhor ao atravessar a ponte.

Mosteirinho
créditos: andarilho.pt

Descobrimos também algumas aldeias próximas e debaixo dos nossos pés esconde-se a ribeira de Asnes, entre vegetação densa. Não muito longe fica o pequeno largo onde conversei com Fernando Correia.

Mosteirinho
créditos: andarilho.pt

Daqui temos uma melhor noção do vão da ponte, com mais de 180 metros de comprimento e que se apoia em longos pilares de pedra. É curioso que se ouve o som da trepidação causada pela passagem dos ciclistas.

A ponte também é conhecida como da Ortigueira e terá mais de um século. Eiffel terá vivido em Portugal 4 a 5 anos antes da entrada em funcionamento da Linha do Dão.

Torredeita
créditos: andarilho.pt

Da mesma época, a poucos quilómetros de distancia, encontramos em Torredeita uma locomotiva a vapor e algumas carruagens de madeira. Estão ao lado da antiga estação onde jovens da aldeia costumam ir passear.

Torredeita
créditos: andarilho.pt

A locomotiva e as carruagens surpreendem alguns dos ciclistas que passam na ecopista. É frequente pararem e tirarem fotos, em especial à velha e enorme locomotiva de ferro.

Torredeita
créditos: andarilho.pt

No lugar do maquinista espreitamos pelas janelas e estranha-se a sensação de ver em frente não a linha do caminho de ferro mas um tapete de cimento, pintado, da ecopista.

Mosteirinho
créditos: andarilho.pt

Passear na ponte ferroviária de Mosteirinho e ao lado da locomotiva a vapor em Torredeita faz parte do programa da Antena1 Vou Ali e Já Venho, e a emissão deste episódio pode ouvir aqui.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.