Caso vá aproveitar as férias da Páscoa para visitar a sua família, aproveite também os voos para Luxemburgo da TAP e veja aqui tudo o que não deve perder no último grão-ducado do mundo.

CASTELOS

Se o que procura é um autêntico destino de conto de fadas, o Luxemburgo não o vai desiludir! Este pequeno país tem mais de 50 castelos, fortificações e aldeias pitorescas para descobrir.

Explore o passado histórico e o antigo poder dos senhores luxemburgueses. Visite os castelos de Larochette, Vianden, Beaufort, Bourscheid, Bourglinster ou Clervaux, que foram restaurados à sua antiga beleza, e passeie pelas numerosas ruínas de outras edificações que escondem em si mitos e lendas da Idade Média.

luxemburgo
créditos: The Travellight World

O Castelo de Vianden merece especial destaque. Com quase 200.000 visitantes por ano, é o monumento mais visitado do grão-ducado. Construído sobre as fundações de uma fortaleza romana, este edifício é considerado uma das maiores e mais majestosas mansões feudais datadas dos períodos românico e gótico na Europa.

Fique atento a festivais medievais, exposições e concertos que se realizam, com frequência, nestes locais.

Os fãs de caminhadas podem seguir a trilha do "Vale dos 7 Castelos" que atravessa o idílico Vale de Eisch, na parte ocidental do país e descobrir sete castelos magníficos, com paisagens de tirar o fôlego e uma oferta cultural espetacular.
Os 7 castelos são: Koerich, Septfontaines, Castelo Velho de Ansembourg e Grande Castelo de Ansembourg, Hollenfels, Schoenfels e Mersch

VINHOS

Não há melhor maneira de festejar um reencontro familiar do que com um copo de bom vinho. Por isso não deixe de provar aquilo que de melhor o Luxemburgo produz nesta área e visite a região de Moselle.

O Vale do Moselle é uma das principais atrações turísticas do Luxemburgo. O clima ameno (normalmente um ou dois graus acima da média do país) e a beleza espetacular dos vinhedos montanhosos conferem à região um caráter bastante singular. Além disso, o vale do Moselle preenche todas as condições para a produção de excelentes vinhos.
Nove diferentes variedades de uvas são cultivadas aqui: Riesling, Pinot noir, Pinot blanc, Pinot gris, Gewürztraminer, Auxerrois, Rivaner, Elbling e Chardonnay.

Enquanto os solos de calcário da área em redor de Grevenmacher produzem vinhos finos e vivazes, os solos em volta de Remich dão aos vinhos um caráter mais opulento. Além disso, os produtores do Luxemburgo adquiriram nas últimas décadas uma mestria impressionante na fabricação de vinhos espumantes e crémants.

LAROCHETTE

A localidade — conhecida como "a aldeia mais portuguesa do Luxemburgo", por aqui viverem mais portugueses do que luxemburgueses — é uma pitoresca cidade situada num vale rochoso estreito e inteiramente cercada por bosques.

Larochette é dominada por dois antigos castelos do século XII, parcialmente reconstruidos, que se erguem sobre um penhasco rochoso acima do belo e romântico vale do Ernz Branco.

luxemburgo
créditos: The Travellight World

Trilhas pelos bosques e campos permitem visitar o Castelo de Meysembourg e um antigo assentamento romano em Aalburg.

PEQUENA SUÍÇA

A Pequena Suíça é uma região que fica a leste de Mullerthal e deve o seu nome à paisagem montanhosa que lembra muito a Suíça.
A capital de Mullerthal é Echternach, a cidade mais antiga de todo o país. Em 2010, a cidade ganhou fama e reputação internacional quando a sua tradicional Procissão foi declarada Património Imaterial da UNESCO.

Todos os anos, na terça-feira de Pentecostes a procissão (Iechternacher Sprangprëssioun) ocorre no centro da cidade medieval de Echternach. Documentada desde o ano 1100, a procissão foi fundada sobre o culto de São Willibrord, um monge e fundador da Abadia de Echternach, reverenciado pelas suas atividades missionárias, pela sua bondade e pelo  seu dom de curar certas doenças.

O Festival de Música Echternach é outro dos grandes destaques da cidade. Acontece todos os meses de maio e junho e apresenta espetáculos de musica medieval, jazz e música clássica.
Se visitar Echternach, não se esqueça de ver alguns dos principais marcos da cidade, como a Villa Romana, a Abadia Beneditina de Saint Willibrord e o Centro Cultural de Trifolion. Se gosta de caminhar, percorra o caminho de Mullerthal — são 112 km de trilhas através do vale que o levarão por florestas e campos até um cenário natural intacto e uma paisagem rochosa espetacular.

luxemburgo
créditos: The Travellight World

MUSEUS

O Luxemburgo tem imensos museus, galerias e outros destaques culturais. No centro da cidade encontramos os sete principais museus agrupados numa rua convenientemente chamada "Museumsmile". Passeie por esta rua para descobrir o melhor da arte e da história natural do Grão-Ducado.

No resto do país, muitas das grandes cidades têm museus, e muitos dos castelos foram transformados em centros culturais. Uma das melhores transformações culturais de um castelo é Clervaux, que agora serve três propósitos diferentes: no antigo Château, encontramos uma réplica do que seria a vida num castelo ducal na Idade Média; De outro lado existe um museu dedicado à Segunda Guerra Mundial e uma terceira ala está reservada para exposições temporárias.

CIRCUIT WENZEL

O Circuit Wenzel (circuito Wenzel) leva os turistas num passeio ao longo das muralhas e locais históricos da capital do Luxemburgo, passando por ruas antigas com torres e igrejas. Não deixe de visitar a Place d'Armes, uma pequena praça na zona pedestre, a Chemin de la Corniche — a mais bonita “varanda” da Europa — que tem uma vista fabulosa para o vale e as Casemates du Bock — túneis escavados nos penhascos de pedra. Mas, o verdadeiro destaque da cidade é o espetacular Castelo de Luxemburgo.

luxemburgo
créditos: The Travellight World
Luxemburgo desde 34€