Detalhes como o cheiro de jasmim que nos leva de volta aquele SPA na Tailândia, o som de um sucesso pop que nos recorda uma noite quente de Verão em Ibiza ou ainda o sabor de um tagliatelli que nos transporta directamente para Itália.

Quase todas as cidades proporcionam algum tipo de lembrança deste género, mas algumas conseguem agregar de forma perfeita uma multiplicidade de experiências sensoriais. Istambul é um desses lugares. É uma cidade tão estimulante que nos obriga a usar todos os nossos sentidos e provoca emoções e memórias que nunca mais esqueceremos.

Istambul
créditos: The Travellight World

Percorrer as suas ruas e mercados é deixarmos-nos envolver pelo cheiro que emana das especiarias e acorda o nosso olfacto, é despertar a nossa curiosidade pelas cores exuberantes de candeeiros, bijuterias, tecidos e porcelanas.

Perto do Grande Bazar encontramos a Mehmet Efendi, a mais antiga empresa de torrefacção de café de Istambul, que enche toda a rua com o delicioso aroma de grãos de café recém torrados e moídos.

Istambul
créditos: The Travellight World

Nas lojas de tapetes exercitamos o sentido do tacto. Somos encorajados a tocar verdadeiras obras de arte tecidas pacientemente por engenhosos artesãos.

O nosso sentido de visão também não fica desapontado quando o sol da manhã ilumina a Mesquita Azul e permite ver com detalhe toda a beleza dos milhares de intrincados azulejos que adornam as paredes internas e dão à Mesquita o seu nome.

Mesquita Azul
créditos: The Travellight World

Podemos ouvir a cidade por todo o lado, no bazar, nas ruas, no chamamento para a oração, na música que acompanha as danças típicas e, ultimamente, até nas manifestações políticas.

Uma experiência sensorial única em Istambul é assistir à dança dos dervixes, também conhecidos por mevlevi – que usam a música e a dança “em pião” como um meio para abandonar o corpo e unir-se de forma mística a Deus.

Dervixes
créditos: The Travellight World

Os movimentos, as roupas dos dançarinos, a música tocada, tudo exalta os nossos sentidos e cria um espetáculo incrível.

Mas o melhor de tudo são os sabores de Istambul. São uma festa para as nossas papilas gustativas!

Bal kaymak
créditos: The Travellight World

Começar o dia a comer bal kaymak, servido com mel doce e pão turco macio acompanhado com uma chávena de chá de maçã e especiarias ou, então, de um sumo de romã fresco.

Lahmacun - também conhecida como a pizza turca - é o almoço perfeito e, para o jantar, as escolhas são infinitas. Kebab não é apenas um prato, mas uma variedade de pratos à base de carne na cozinha turca e inclui não apenas carnes grelhadas e espetadas, mas também guisados ​​e caçarolas. E para a sobremesa? Baklava ou hakiki (gelado turco).

Gastronomia turca
créditos: The Travellight World

Sigam as minhas aventuras mais recentes no Instagram e no Facebook

Artigo originalmente publicado no blogue The Travellight World

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.