Uruguai é o segundo menor país da América do Sul. Tem cerca de 3,5 milhões habitantes, sendo que mais da metade vive na capital Montevideu e na sua área metropolitana.

O país, que faz fronteira com Brasil e Argentina, é um dos mais desenvolvidos da América do Sul e é apontado, muitas vezes, como um dos melhores países para se viver naquela região do globo.

Não será o destino turístico mais óbvio quando pensamos na América do Sul, mas, ainda assim, guarda muitos atrativos, como as cidades de Montevideu e Punta del Este, praias, termas, vinícolas, paisagens rurais e lugares históricos, sendo o mais relevante Colónia do Sacramento, a cidade mais antiga do país.

Foi o primeiro assentamento europeu no Uruguai, na margem esquerda do Rio da Prata, que forma um enorme estuário. Do outro lado, está a Argentina.

Colónia do Sacramento foi fundada em 1680 por uma expedição portuguesa que procurava estabelecer-se naquele ponto estratégico. No entanto, a decisão não passou despercebida aos espanhóis que, rapidamente, mandaram tropas para conquistar o assentamento de Colónia do Santíssimo Sacramento.

A disputa pela cidade durou séculos e esta foi mudando de administração, ora espanhola, ora portuguesa, enquanto se transformava num importante entreposto comercial.

Em 1777, com o Tratado de Santo Ildefonso, Colónia do Sacramento passa para Espanha. Mas em 1817 voltaria para a coroa portuguesa, passando, depois, a integrar o Brasil em 1822. Finalmente, passou a pertencer ao Uruguai em 1828 com a independência do país.

Como é visitar Colónia do Sacramento? Leia aqui a experiência.

Colónia do Sacramento é, até aos dias de hoje, um lugar que ainda guarda a história do passado colonial do Uruguai, com influências portuguesas e espanholas. O seu centro histórico é Património Mundial da Unesco.

Como chegar

A cidade, capital do departamento de Colónia, tem uma localização privilegiada para receber visitantes pois está a cerca de duas horas de carro da capital do Uruguai (180 km aproximadamente) e a uma hora de barco de Buenos Aires, capital da Argentina.

Colónia do Sacramento, Uruguai
Antiga muralha portuguesa créditos: MIGUEL ROJO / AFP

O que visitar

São vários os pontos de interesse que podem ser vistos em Colónia do Sacramento, com destaque para o seu centro histórico, entre eles:

- Fortificações portuguesas: partes da antiga muralha construída pelos portugueses no século XVIII e portão de armas, bem como baluartes.

- Farol: uma das principais atrações turísticas da cidade, um belo miradouro para a cidade e para o Rio da Prata. Foi construído em cima das ruínas de um convento de São Francisco Xavier.

- Basílica do Santíssimo Sacramento: construída no lugar da primeira igreja que havia sido erguida pelos portugueses em 1680.

- Praça 25 de Maio: Também chamada Praça Maior (Plaza Mayor), era usada para exercícios militares. Ao redor, estão vários edifícios históricos importantes do centro histórico, como a Casa de Nacarello, o Farol, o Arquivo Regional, o Museu Municipal, a Casa de Lavalleja e o Museu Português.

- Rua dos Suspiros: A Calle de los Suspiros é uma rua emblemática do centro histórico, paralela à muralha, em direção ao Rio da Prata. Conserva o pavimento original de pedra e várias casas antigas portuguesas, além de algumas espanholas. As portuguesas distinguem-se facilmente por seus telhados a duas ou quatro águas. Há várias teorias sobre a origem do nome da rua, uma delas indica que a rua era um lugar de prostituição.

Colónia do Sacramento, Uruguai
A famosa Rua dos Suspiros - Calle de los Suspiros créditos: DANIEL CASELLI / AFP

- Museu Português: Importante casa portuguesa, construída no período entre 1717 e 1722, conserva ainda paredes, tetos e os pisos originais. A decoração, doada pelo governo de Portugal, inclui faianças, azulejos, mesas, cadeiras, armas e tapetes. Possui ainda uma sala com reproduções de mapas antigos e o escudo português original, que esteve no portão de armas da muralha.

- Museu Espanhol: Casa portuguesa de 1720 convertida em museu dedicado à presença espanhola na região. Exibe cerâmica, trajes típicos, mapas, desenhos, pinturas, documentos e outros objetos históricos. A casa possui muitos elementos originais, incluindo as portas, uma escadaria de madeira interna e as cavalariças nos fundos.

- Museu do Azulejo: Apresenta uma coleção de azulejos dos séculos XIX e XX de origem francesa e catalã, além de exemplares uruguaios da década de 1840, que são os mais antigos fabricados no país.

- Puerto de Yates e Paseo de San Gabriel: dois lugares para apreciar as paisagens junto ao rio. O primeiro é um porto para embarcações e o segundo é uma marginal.

O mundo inteiro no seu email!

Subscreva a newsletter do SAPO Viagens.

Viaje sem sair do lugar.

Ative as notificações do SAPO Viagens.

Todas as viagens, sem falhar uma estação.

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOviagens nas suas publicações.