O governo local de Veneza prepara-se para implementar uma taxa de entrada no centro histórico da cidade em 2019. A medida tem como objetivo ajudar a suportar os custos associados à manutenção e limpeza da cidade, que recebe cerca de 30 milhões de visitantes todos os anos.

O custo de manutenção de edifícios públicos em Veneza é mais elevado em cerca de 1/3 em relação aos custos aplicados no continente, devido ao facto de os materiais terem de ser transportados por barco e muitas vezes conduzidos por carrinhos de mão pelas ruas labirínticas da cidade. A limpeza tem também de ser feita manualmente.

A taxa variará entre os €2,50 e os €10 por pessoa, existindo isenção para estudantes, pessoas que se encontrem em Veneza temporariamente a trabalho e residentes regionais. Será também aplicada apenas a visitantes diurnos, ou seja, turistas que fiquem alojados em Veneza não serão abrangidos por esta taxa adicional, mantendo-se apenas a taxa atual de estadia.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.