Os peregrinos poderão visitar a gruta de Massabielle, chegar "aos pés da Virgem Maria, Imaculada Conceição, tocar na rocha e aproximar-se da fonte", comemorou o santuário num comunicado.

O encerramento da gruta dificultou as visitas à cidade turística do sul da França, que depende 90% do turismo.

Antes da pandemia, muitos doentes de todo o mundo viajavam para Lourdes à procura de uma cura, entre os 3,5 milhões de visitantes anuais.

A reabertura terá lugar ao meio-dia de sexta-feira, coincidindo com a oração do Angelus e com a celebração do Dia Mundial do Doente.

O mundo inteiro no seu email!

Subscreva a newsletter do SAPO Viagens.

Viaje sem sair do lugar.

Ative as notificações do SAPO Viagens.

Todas as viagens, sem falhar uma estação.

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOviagens nas suas publicações.