O Castelo de Bran, na Roménia, conhecido por ser a casa do Conde Drácula está a oferecer vacinas contra a COVID-19 gratuitas aos visitantes como parte de uma campanha de vacinação, durante todos os fins de semana do mês de maio, sem marcação.

O Castelo de Bran, na Transilvânia, anunciou a sua maratona de vacinas Pfizer BionTech numa publicação no Facebook, na sexta-feira.

“Todos os beneficiários receberão um 'diploma de vacinação no Castelo de Bran' e, caso optem por visitar o Castelo, terão acesso gratuito à Mostra de Instrumentos de Tortura Medieval”, diz a publicação, que acrescenta que é possível ser vacinado sem entrar no castelo, se assim preferirem. Apesar de vários pedidos de cidadãos estrangeiros, que desejavam ser vacinados neste ambiente assustador, as vacinas estão apenas disponíveis para os residentes da Roménia.

Concluído em 1388, o castelo fica fora da cidade de Brasov. Assemelha-se ao castelo habitado pelo Conde Drácula, personagem principal do romance "Drácula" do autor irlandês Bram Stoker, publicado em 1897. Acredita-se que o Drácula tenha sido inspirado pelo sanguinário governante do século XV Vlad III Drácula, conhecido como Vlad, o Empalador, que ordenou a tortura brutal e o assassinato de dezenas de milhares de pessoas durante o seu reinado.

O mundo inteiro no seu email!

Subscreva a newsletter do SAPO Viagens.

Viaje sem sair do lugar.

Ative as notificações do SAPO Viagens.

Todas as viagens, sem falhar uma estação.

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOviagens nas suas publicações.