Previsto para abrir portas em fevereiro, em Glendale, nos subúrbios de Los Angeles (EUA), o "Museum of Selfies" afirma-se como um novo museu dedicado à "ciência, arte e cultura da auto-representação".

De acordo com o museu, são feitos cerca de 2.4 milhões de uploads de selfies por dia.

Não será um museu permanente, mas sim baseado no conceito pop-up, disponível a todos os que o queiram visitar entre 17 de fevereiro e 17 de abril de 2018.

O museu pretende mostrar a evolução e a história do autoretrato até ao fenómeno das selfies, numa abordagem que pretende ser educativa e, ao mesmo tempo, divertida.

A parte interativa também não foi deixada de lado, e a exposição "self-up high-up" terá um arranha-céus virtual onde os visitantes podem tirar uma selfie lá no alto, dando a ilusão que estão no topo do edifício.

Talvez inspirado na série "A Guerra dos Tronos", haverá também um trono feito de selfie sticks.

O museu promete ainda uma "obra de arte" secreta, a revelar no dia da abertura, e que tem como objetivo entrar no livro de recordes do Guiness.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.