O evento vai decorrer no sábado da manhã no Centro Social da Musgueira e conta com a participação de 25 voluntários entre fotógrafos, maquilhadoras e outros elementos da equipa, adiantou a organização do evento em comunicado.

As sessões começam de manhã e prolongam-se até ao final da tarde, sendo as fotografias depois impressas e oferecidas às pessoas, “a quem este bem é quase inacessível”.

A cerimónia de entrega das molduras está prevista para as 19:00.

A organização do evento lembra que o fotógrafo norte-americano Jeremy Cowart fundou o Help-Portrait, uma organização sem fins lucrativos, em 2009, com o objetivo de retribuir à comunidade o seu talento enquanto retratista.

“Em pouco tempo a ideia transformou-se num movimento internacional e até numa mudança na forma como as pessoas lidam com a fotografia – usando-a como veículo para alimentar a autoestima das pessoas”, refere.

A iniciativa decorreu pela primeira vez neste bairro da zona norte da cidade em 2012, com três dezenas de famílias desfavorecidas.

Na altura, Tarcísio Pontes, da Help-Portrait Lisboa, referiu que a estreia do projeto em Portugal tinha decorrido em 2011, na Cova da Moura, na Amadora.

“Nós contactamos as IPSS [instituições particulares de solidariedade social] e perguntamos-lhes se querem fazer isto com as pessoas da sua comunidade. E, depois, perguntamos sempre se é do interesse daquela IPSS convidar a imprensa ou não”, explicou o responsável, acrescentando que quem quiser apenas tira a fotografia e a recebe de oferta, sem ter de ser filmado ou de mostrar a sua foto a alguém.

“Eu não lhe chamo uma ‘ação de solidariedade’, é um encontro, isto para nós é um encontro”, sublinhou então.

O mundo inteiro no seu email!

Subscreva a newsletter do SAPO Viagens.

Viaje sem sair do lugar.

Ative as notificações do SAPO Viagens.

Todas as viagens, sem falhar uma estação.

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOviagens nas suas publicações.