Isola delle Femmine (ou Ilha das Mulheres) é um atol intocado e selvagem perto de Palermo, com uma torre de pedra em ruínas do século XVII e está à venda por a partir de 1 milhão de euros.

A ilha desabitada com "15 hectares de superfície externa" e "494 metros quadrados de área construída" faz parte de um parque marinho protegido que é um ponto de mergulho e snorkeling. 

As águas escondem âncoras e relíquias romanas no fundo do mar, e são o habitadas por lagostas, anémonas e corais. A ilha estava, inicialmente à venda por 3,5 milhões de euros, mas devido à falta de compradores, o preço desceu para um valor "flexível entre 1 e 3 milhões de euros, aberto a ofertas e negociações", segundo explicou o agente imobiliário Riccardo Romolini à CNN Travel.

A Isola delle Femmine pertence à mesma família aristocrática italiana desde os anos 1600. Mas os tempos mudaram e o custo de administrar as propriedades tornou-se insuportável, especialmente, tendo em conta que os herdeiros visitam o espaço muito raramente.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.