Um homem de 64 anos foi condenado a 2 meses e 20 dias de prisão por roubar um euro da Fontana di Trevi, em Roma. Acusado de roubo agravado, o homem foi apanhado a usar uma vara com íman na ponta, para "pescar" as moedas.

De acordo com o jornal "La Repubblica", o homem usava esse equipamento como se fosse uma vara de pescar e o flagrante aconteceu a 16 de junho de 2011. Quando o homem conseguiu agarrar uma moeda, a Polícia Municipal interveio, apreendendo-lhe o euro apanhado no fundo da Fontana di Trevi e a cana de pesca improvisada utilizada.

O homem foi acusado de roubo agravado porque, segundo a acusação: "Para obter lucro, o homem apossou-se de uma moeda presente dentro da Fontana di Trevi, de propriedade do município de Roma".

O homem acabou por ser condenado a 2 meses e 20 dias de prisão. O advogado do homem de 64 anos pediu que o julgamento fosse realizado em segunda instância e audiência aconteceu 11 anos após o veredicto do tribunal.

O homem, entretanto, não ficará preso, pois o tribunal considerou que o prazo legal para aplicação da pena tinha prescrito.

O mundo inteiro no seu email!

Subscreva a newsletter do SAPO Viagens.

Viaje sem sair do lugar.

Ative as notificações do SAPO Viagens.

Todas as viagens, sem falhar uma estação.

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOviagens nas suas publicações.