Foto: Eduart Bejko@Pixabay

"Graças a Deus, pela primeira vez em 88 anos, a mesquita (...) vai receber os fiéis para as orações de Tarawih durante o Ramadão. Vou testemunhar, se Deus quiser, este belo momento a liderar a primeira oração de Tarawih", disse Ali Erbas, chefe do Diyanet, o órgão estatal encarregado de supervisionar o culto.

As orações vão acontecer na Santa Sofia às sextas, sábados e domingos durante o mês do Ramadão, disse Diyanet.

A decisão das autoridades turcas de transformar Santa Sofia, até então um museu, numa mesquita, a 10 de julho de 2020, desencadeou uma onda de indignação internacional.

Santa Sofia, construída no século VI, é um lugar importante para cristãos e muçulmanos, pois começou como uma basílica bizantina antes de ser convertida em mesquita após a tomada otomana de Constantinopla em 1453.

Em 1934, o fundador da República Turca, Mustafa Kemal, transformou o monumento em museu como símbolo de uma Turquia secular.

O mundo inteiro no seu email!

Subscreva a newsletter do SAPO Viagens.

Viaje sem sair do lugar.

Ative as notificações do SAPO Viagens.

Todas as viagens, sem falhar uma estação.

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOviagens nas suas publicações.