Landon, uma criança de sete anos com autismo, teve de viajar de Las Vegas (Nevada, EUA) para Portland (Oregon, EUA) para ver o seu pai. Sua mãe, Alexa Bjorson, não pôde acompanhá-lo, mas deixou um bilhete que Landon tinha de dar à pessoa que se sentasse ao seu lado.

No bilhete, a mãe explicou a condição do menino e avisava que este poderia perguntar inúmeras vezes se "já chegámos". A mãe ainda incluiu uma nota de 10 dólares para a pessoa, como forma de agradecimento pela compreensão.

O passageiro que sentou ao lado de Landon durante a viagem foi Ben Pedraza que, não só cuidou do menino, como rejeitou o dinheiro e ainda tirou uma fotografia de ambos e enviou à mãe, com uma mensagem carinhosa.

"Eu fui o companheiro de Landon no seu voo para Portland. Ele perguntou muitas vezes se já chegamos, mas ele foi um ótimo companheiro . Nós divertimo-nos muito a jogar ao pedra, papel ou tesoura várias vezes. Ele é um ótimo miúdo e você é uma mãe muito sortuda. Agradeço os 10 dólares mas não foi preciso. Eu doei-os para Autism-Society.org em homenagem a Landon. Tenha um bom dia!".

Na publicação, Alexa diz ser muito grata pela bondade de Ben e "por ainda existirem pessoas boas no mundo". A publicação já conta com mais de 40 mil likes e mais de 16 mil partilhas.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.