Um voo noturno da Alaska Airlines teve que ser desviado depois de um passageiro ter tentado fumar a bordo do avião. O voo 1138 foi forçado a fazer uma aterragem não programado em Chicago devido ao passageiro desobediente.

O passageiro decidiu acender o cigarro durante o voo e, naturalmente, foi convidado pelos comissários de bordo a apagá-lo. O homem ficou zangado e voltou a acender o cigarro uma segunda vez, apesar das ordens da tripulação. Consequentemente, o voo foi desviado para o Aeroporto Internacional O'Hare de Chicago. O homem foi escoltado para fora do avião pela polícia de Chicago.

Ocasionalmente, há passageiros que não conhecem as regras de viajar de avião, mas os cigarros foram proibidos pela Administração Federal de Aviação dos EUA em voos domésticos de curta distância, em 1988, e depois, em 2000, em todos os voos. Em Portugal, é proibido fumar nos aviões desde 1996.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.