A autarquia disse hoje, em comunicado, que nesta era em que as comunicações se fazem principalmente através de “posts” e de “tweets” na Internet, quer resgatar “um hábito em desuso” e, por isso, desafia a “comunidade local a trocar cartas de amor”.

“O objetivo passa por incentivar a leitura, divulgar grandes autores e fomentar o amor e a partilha entre casais, mas também entre familiares, amigos, vizinhos ou colegas de trabalho”, afirmou a vereadora da Cultura, Mafalda Mendes.

No âmbito da iniciativa, que tem como mote “O meu coração escreve uma mensagem de amor ao teu”, foram selecionados 50 textos literários de autores como Fernando Pessoa, Florbela Espanca, Almeida Garrett, Machado de Assis e Victor Hugo.

Na sexta-feira, o município vai espalhar cinco mil cartas de amor pelos jardins e ruas da sede do concelho e, ao longo do dia, será realizada a leitura de poemas em vários locais públicos de Alijó, como o edifício da Câmara Municipal, o Centro de Saúde, cafés e outros estabelecimentos comerciais.

A iniciativa assinala o Dia de São Valentim ou o Dia dos Namorados e é promovida pela autarquia, através da Biblioteca Municipal.

No âmbito desta ação, decorrerá ainda, no domingo, o “Clube de leitura em voz alta”, que no mês de fevereiro é dedicado à leitura de cartas, textos em prosa ou poemas subordinados à temática do “amor”.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.