Portugal está na mira do turismo internacional. Tem sido apontado, por vários meios, como um dos destinos a visitar em 2018. Para o guia de viagens Lonely Planet, Portugal ocupa o terceiro lugar do top 10 de países a conhecer no próximo ano.

No início de dezembro, Portugal venceu o prémio de Melhor Destino Turístico do Mundo, nos World Travel Awards, tornando-se o primeiro país europeu a conquistar esta distinção, derrotando concorrentes como Brasil, Grécia, Maldivas, EUA, Marrocos, Vietname ou Espanha. Antes, já havia sido eleito, pela mesma instituição, como o Melhor Destino Europeu do ano.

A Madeira foi eleita o melhor destino insular do mundo, Lisboa recebeu o prémio de melhor destino para um "city break" e o Porto tinha sido eleito, no início do ano pelo site European Best Destinations, o melhor destino europeu.

Antes disso, o jornal britânico "The Telegraph" havia apontado 22 razões para conhecer Portugal. Já o "The Independent" reconheceu 8 motivos que fazem de Portugal um paraíso gastronómico.

Veja na galeria de fotos: 40 coisas para fazer em Portugal (pelo menos) uma vez na vida

De facto, a imprensa internacional rendeu-se à gastronomia, aos hotéis, às praias, às aldeias, vilas e cidades, às maravilhas naturais e, até, aos portugueses.

De acordo com o jornal i, o país recebeu, em 2017, mais de 21 milhões de turistas, 10% a mais do que ano passado. A hotelaria também registou números recordes em 2017, ultrapassando mais de 30 milhões de dormidas. O turismo representa 7% do Produto Interno Bruto Nacional (PIB).

Lisboa continua a ser a grande porta de entrada para os turistas mas outras cidades e regiões estão a crescer. O Governo já anunciou que quer mais turistas no interior do país.

Prós e contras

Está provado que o turismo mexe com a economia, põe Portugal nas bocas do mundo e traz muitas vantagens do país.

No entanto, o grande desafio é conseguir equilibrar a balança entre o turismo sustentável e o turismo de massas, entre o alojamento local desenfreado e o aumento das rendas para quem quer viver nos centros urbanos, entre o que apresentamos a quem nos visita e as condições de vida dos habitantes locais.

2018 será um ano em grande para o turismo português mas será também a altura de pôr em cima da mesa todas estas questões para que Portugal não entre na lista dos destinos que já estão a limitar o número de pessoas que os visitam.


O que pensa sobre o aumento do turismo em Portugal? Partilhe connosco a sua opinião no espaço de comentários deste artigo.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.