A "terra do fogo e do gelo" está preparada para reabrir as fronteiras aos europeus que queiram visitar o país durante o verão.

De acordo com a primeira-ministra Katrín Jakobsdóttir, a Islândia vai recomeçar a receber turistas a partir de 15 de junho.

Existem, contudo, algumas regras: só serão aceites turistas do espaço Schengen, quem chegar pode fazer um teste grátis ao COVID-19 ou, caso não queira fazer o teste, fica obrigado a estar 14 dias de quarentena no alojamento. Quem trouxer uma certidão médica que comprove não estar infetado fica também livre da quarentena.

O teste será oferecido aos viajantes e os resultados serão conhecidos em um dia. Assim, quem testar negativo poderá desfrutar de tudo o que o país tem para o oferecer e, como sabemos, são muitas as belezas naturais da Islândia.

O país insular está a destacar-se no combate ao COVID-19. É a nação que mais testes está a fazer à população. De momento, estão 15 pessoas infetadas com o coronavírus e não são registados novos casos há cinco dias. Se os números continuarem baixos, a reabertura do país ao turismo poderá acontecer mais cedo.

A primeira-ministra anunciou que as piscinas públicas reabrem na próxima segunda-feira (18) e os ginásios no dia 25 de maio. Nesta altura, ficam permitidos os encontros entre 100 pessoas. De momento, o número máximo é 50.

Estrada na Islândia
O verão é a temporada alta do turismo no país créditos: Unsplash

Chegar lá: o principal entrave

Parece ser uma ótima ideia para muitos viajantes: passar umas férias de verão na Islândia. No entanto, neste momento, a única companhia área a fazer voos para o país é a Icelandair que só está a operar três rotas: de e para Boston, Londres (Heathrow) e Estocolmo.

O aumento da procura pode ditar o aumento de rotas, enquanto a companhia também luta para evitar a bancarrota.

Se ficou com o "bichinho" de, quem sabe, planear uma viagem a este país, temos aqui e aqui dois roteiros imperdíveis.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.